90.10

O artilheiro da Europa que você não conhece

Marco Lourenço

A temporada europeia de futebol está chegando em sua metade e os favoritos aos títulos individuais e coletivos começam a despontar. O que você talvez não saiba é que nesta temporada (2016-2017), o posto de goleador nacional no velho continente não pertence à nenhum ídolo badalado, como Messi, Cristiano Ronaldo, Lewandowski ou Ibrahimovic, e sim a um camisa 10 que está brilhando no futebol ucraniano – e ele é brasileiro.

Aluísio Chaves Ribeiro Moraes Júnior, ou apenas Junior Moraes, 29 anos, já marcou 20 vezes na liga ucraniana vestindo a camisa do Dynamo Kyiv, à frente dos artilheiros das ligas mais badaladas como: Edinson Cavani, 17 gols (Ligue 1), Pierre-Emerick Aubameyang, 16 gols (Bundes Liga), Diego Costa, 13 gols (Premiere League) e ainda mais distante de Messi e Suarez, com 12 gols cada (La Liga).

Menino da Vila nascido em Santos, o atacante surgiu no futebol entre as gerações Robinho e Neymar, em 2007, ano em que conquistou o campeonato paulista pelo Santos, marcando o gol que garantiu o título e sua primeira conquista profissional: “Aquele foi o meu melhor momento no Brasil. Eu fui embora muito novo, com 21 para 22 anos. Nos meus poucos momentos, aquele foi o mais importante, e o pessoal ainda lembra sim, com carinho”. 

 

A virada no leste europeu

Sem oportunidades no time da Vila, Moraes passou dois anos discretos no futebol paulista (Ponte Preta, 2008 e Santo André, 2009). Em 2010, foi transferido para o futebol da Romênia e com a camisa do Gloria Bistrita foi considerado o melhor atacante da temporada.

O prestígio o levou para o Metallurg Donetsk na temporada seguinte, jovem clube ucraniano que contaria com seu bom futebol apenas em 2011 – Moraes acabou sendo emprestado para o CSKA Sofia da Bulgária, onde foi vice-campeão da Parva Liga e artilheiro com 16 gols.

Em 2012, de volta ao Metallurg, consolidou seu lugar destaque entre os atacantes do leste europeu. Durante os três anos que atuou no clube de Donetsk, tornou-se referência do time e maior artilheiro da história do clube, anotando os mesmos 35 gols que o ex-jogador Serhiy Shyshchenko.

Em meio a tensão social e política na Ucrânia – saiba mais no infográfico -, Moraes se esquivou de polêmicas e mesmo se transferindo no ano seguinte para o Dynano Kyiv, clube de uma cidade que possui profunda rivalidade e antagonismo político com Donestsk, o brasileiro acabou não sofrendo grandes retaliações.

Para saber mais de Junior Moraes, confira uma entrevista com o atacante brasileiro aqui e também assista alguns lances do atacante sensação do futebol ucraniano: