Do Maracanazo ao Mineiratzen: um estudo da memória a partir das narrativas da imprensa na Copa de 2014

Autores

Ronaldo Helal, Fábio Aguiar Lisboa

Periódico / Revista

Logos: Comunicação & Universidade

Cidade

Rio de Janeiro

Volume

v. 23

Número

n. 1

Páginas

p. 6-20

Ano

2016

ISSN

1982-2391

Resumo (pt)

O presente trabalho se propõe a analisar as narrativas da imprensa brasileira sobre a derrota de 7 a 1 do Brasil para a Alemanha em partida válida pela semifinal da Copa do Mundo de 2014, buscando identificar como a memória é acionada nesta oportunidade. Para isto se parte de uma hipótese, a de que algumas narrativas deste revés provavelmente se tornarão lembranças que futuramente serão acionadas por jornalistas esportivos quando se falar deste jogo.

Palavras-Chave: esporte; memória; imprensa

Abstract

This study aims to analyze the narratives of the Brazilian press about the defeat of 7 to 1 of Brazil to Germany in a match valid for the semifinal of the World Cup 2014 in order to identify which memory is triggered in this opportunity. The study has as its hypothesis that some narratives of this setback will become memories that in the future will be posted in action by sports journalists when speaking of this game.

Keywords: sport; memory; press.

Referência

HELAL, Ronaldo; LISBOA, Fábio Aguiar. Do Maracanazo ao Mineiratzen: um estudo da memória a partir das narrativas da imprensa na Copa de 2014. Logos: Comunicação & Universidade. Rio de Janeiro, v. 23, n. 1, p. 6-20, 2016.