FC Barcelona

Autores

Victor de Leonardo Figols

Subtítulo

entre o global e o regional (1988-1999)

Orientador

Ana Lúcia Lana Nemi

Banca

José Paulo Florenzano, Luiz Carlos Rigo

Faculdade / Instituição

Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Paulo

Tipo

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em História

Ano

2016

Páginas

135

Cidade

Guarulhos

Resumo (pt)

Durante os quase cem anos de história, o FC Barcelona se apropriou da identidade catalã, principalmente nos anos difíceis da ditadura de Francisco Franco. Após esses anos de turbulência, o clube viveu momentos de glória no final da década de 1980 e no início dos anos 1990. Entretanto, na medida em que o FC Barcelona conquistava títulos dentro e fora da Espanha, a sua identidade catalã passava a ser questionada. Enquanto o FC Barcelona se tornava mundialmente conhecido e contratava jogadores das mais diferentes regiões do globo, existia certo desconforto por parte dos jogadores espanhóis pela perda de espaço no elenco do clube, tal desconforto podia ser notado nos periódicos, principalmente os da Catalunha. A presente pesquisa estuda a tensão entre a dimensão nacional, presente nas leituras que os catalães fazem do FC Barcelona, e a dimensão universal que pode ser caracterizada pela inserção capitalista no mercado mundial da bola. Para tanto, foram utilizados dois periódicos espanhóis, o ABC e La Vanguardia, de Madrid e Barcelona, respectivamente, entre os anos de 1988 e 1999, além das Actas de la Junta Directiva do clube.

Palavras-chave: FC Barcelona; Catalanismo; Globalização; Futebol

Abstract

During the it’s one hundred years of history, FC Barcelona has appropriated itself of the Catalan identity, especially in the difficult years of the dictatorship of Francisco Franco. After these years of turbulence, the club lived moments of glory in the late 1980s and early 1990s. While FC Barcelona became known in the world, signing players from different regions of the globe, there was some discomfort by the Spanish players due to the loss of space in the club’s squad. Such discomfort could be noticed in the papers, especially in Catalonian ones. This research examines the tension between the national dimension, present in the readings that the Catalans did about FC Barcelona, and the universal dimension that can be characterized by the capitalist insertion in the football’s world market. To achieve this, two Spanish periodicals were used, ABC and La Vanguardia, one from Madrid and the other from Barcelona, respectively, between 1988 and 1999. In addition, the official documents from the club, Actas de la Junta Directiva, were used.

Keywords: FC Barcelona; Catalanism; Globalization; Football

Sumário

Apresentação, 12

Primeiras palavras: entre o esporte e a história, 16
1.1.  Esporte e história: história do esporte, 16
1.2.  História cultural do futebol, 20

I – Contextos: Espanha, Catalunha e FC Barcelona, 25
1.1.  Catalunha e Espanha, 25
1.2.  O FC Barcelona: futebol e nacionalismo, 30

II – Os anos, os jogos, as tensões: o FC Barcelona entre 1988 e 1999, 38

III – O FC Barcelona entre midiatização, espetacularização e mercantilização do futebol, 66

IV – O FC Barcelona entre o global e o regional, 95
4.1. Os primeiros estrangeiros ou estrangeirismo como elemento da formação de identidade, 95
4.2 Os estrangeiros do FC Barcelona antes do caso Bosman, 110
4.3 O caso Bosman e o FC Barcelona, 117

Considerações finais, 127

Fontes, 131

Bibliografia, 132

Referência

FIGOLS, Victor de Leonardo. FC Barcelona: entre o global e o regional (1988-1999). 2016. 135 f. Dissertação (Mestrado em História) - Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Paulo, Guarulhos, 2016.