Modernidade, disciplina e futebol: uma análise sociológica da produção social do jogador de futebol no Brasil

Autores

Francisco Xavier Freire Rodrigues

Periódico / Revista

Sociologias [online]

Número

n.11

Páginas

p. 260-299

Tema

modernidade, futebol, corpo, disciplina

Área de concentração

Sociologia

ISSN

1517-4522

Resumo (pt)

O trabalho investiga a relação entre modernidade, disciplina e formação do jogador de futebol profissional. Discute o futebol moderno como instituição disciplinadora, dotada de regras, normas e princípios científicos (positividades), tendo como objetivo produzir, manipular, individualizar, adestrar e aperfeiçoar o corpo do indivíduo, tornar o jogador dócil e utilitário. A modernidade, caracterizada pela secularização, subjetivação, triunfo da racionalidade instrumental, domínio da natureza e o surgimento do indivíduo moderno, transforma o ser humano em objeto de conhecimento. O campo empírico da investigação é formado pelas categorias de base do Internacional (RS). A pesquisa constata que a produção social do jogador de futebol consiste num processo de disciplinamento, adaptação, socialização, adestramento, desenvolvimento e aperfeiçoamento das potencialidades físicas e técnicas do atleta, além da administração do seu potencial genético. Trata-se de um processo disciplinador, pedagógico e civilizatório, caracterizado pela regulamentação, controle, institucionalização e racionalização. O jogador de futebol é uma força de trabalho, produto do disciplinamento, treinamentos físicos, técnicos e táticos e do desenvolvimento de suas capacidades genéticas.

Abstract

This work investigates the relationship between modernity, discipline and the formation of professional soccer players. It discusses modern soccer as a disciplining institution with rules, norms and scientific principles (positivities), which is aimed at producing, manipulating, individualizing, coaching and improving the individual”s body and making the player docile and utilitarian. Modernity, characterized by secularization, subjectivation, the triumph of instrumental rationality, the mastering of nature and the emergence of the modern individual, makes human beings into a knowledge object. The empirical field of this investigation is composed by minor categories of the Sport Club Internacional (Rio Grande do Sul-Brazil). The study finds that the social production of soccer players is a process of disciplining, adaptation, socialization, coaching, development and improvement of physical and technical potentialities of athletes, besides the management of their genetic potential. It is a disciplining, pedagogical and civilizing process characterized by regulation, control, institutionalization and rationalization. Soccer players are labor force resulting from disciplining, physical, technical and tactical practice, as well as the development of their genetic capacities.

Observações

Link para a revista: seer.ufrgs.br/sociologias

Referência

RODRIGUES, Francisco Xavier Freire. Modernidade, disciplina e futebol: uma análise sociológica da produção social do jogador de futebol no Brasil. Sociologias [online]. Porto Alegre, n.11, p. 260-299, 2004.