À Sombra de Gigantes

Autores

Leandro Vignoli

Subtítulo

uma viagem ao coração das mais famosas pequenas torcidas do futebol europeu

Editora

Corneta Europa

Cidade

São Paulo

Páginas

224

Ano

2017

ISBN

9788592389109

Sumário

1. Espanyol e a maravilhosa minoria

2. Amor ao Rayo e ódio ao racismo

3. O incrível fracasso do Munique 1860

4. Sangue pelo Union Berlin

5. St. Pauli: entre o ativismo e o futebol

6. Fuck off, I’m Millwall

7. Ninguém odeia o Fulham

8. Queens Park e os Últimos Reis da Escócia

9. Não há futebol sem o Leyton Orient

10. Somos Belenenses e só o Belenenses

11. Red Star (Paris não é uma festa)

12. Isso é Sparta!

13. O grande Torino eterno

Sinopse

Uma viagem em busca do futebol raiz, o livro vai na contramão dos clubes famosos do futebol europeu. A ideia por trás de À Sombra de Gigantes é entender o outro lado dessa história. Em que a maioria dos times não vence títulos e as torcidas são pequenas. Onde a única alternativa que resta é bradar contra o futebol moderno. Dos ativistas do St. Pauli aos hooligans do Millwall, da classe operária do Rayo Vallecano ao fanatismo e fé da torcida do Torino. Durante 50 dias de viagem, o jornalista Leandro Vignoli, com passagens por SporTV e ONS dos Jogos Olímpicos e Pan-Americanos, visitou 13 pequenos clubes, em um total de 10 cidades, em busca de entender a relação social e familiar destes torcedores com suas cidades, bairros, e clubes de coração. À Sombra de Gigantes é sobre a essência destes apaixonados, e a resiliência dos clubes de permanecerem vivos mesmo à sombra de Real Madrid, Barcelona, Bayern, PSG e Juventus. Dentro do estádio ainda é a grande força do futebol, e por isso cada capítulo tem uma partida como cenário. Neste aspecto, o livro é também um guia de viagem, com as experiências, os percalços, e muitas entrevistas. Tem cerveja jogada para cima na comemoração de gols e dicas para quem embarcar em uma aventura do tipo. É um livro de torcedor para torcedor. É uma viagem para compreender por que as pessoas vão aos jogos, em especial de times pequenos como o Espanyol, Munique 1860, Union Berlin, Fulham, Belenenses, Red Star? O livro ainda é recheado de história, do nacionalismo catalão ao comunismo da Alemanha Oriental. Um pano de fundo que faz do futebol muito mais do que só futebol. A única coisa que não muda é a paixão. Essas histórias sempre valem a pena.

Referência

VIGNOLI, Leandro. À Sombra de Gigantes: uma viagem ao coração das mais famosas pequenas torcidas do futebol europeu. São Paulo: Corneta Europa, 2017.