The public acceptability of push and pull measures as tools to promote sustainable mobility: A case-study for the 2014 FIFA World Cup

Autores

Acácia Cristina Mendes Malhado, Rainer Rothfuss, Lindemberg Medeiros de Araujo

Periódico / Revista

Percurso Acadêmico

Cidade

Belo Horizonte

Volume

v.4

Número

n.8

Páginas

p. 210-216

Ano

2014

Tema

Dossiê Mega Eventos e suas implicações

ISSN

2236-0603

Resumo (pt)

Os megaeventos, como a Copa do Mundo, colocam uma pressão sem precedentes sobre a infraestrutura dos transportes nas cidades-sede, especialmente nos países em desenvolvimento, onde o sistema de transporte ainda não consegue oferecer uma mobilidade satisfatória para seus cidadãos no quotidiano. As questões relacionadas ao comportamento estão cada vez mais sendo consideradas como uma resposta para atender a enorme demanda por transporte e mobilidade durante tais eventos de curto prazo, ao mesmo tempo em que também podem gerar um legado positivo em longo prazo no que diz respeito às opções de mobilidade sustentável para as cidades anfitriãs que sediam o megaevento. Uma maneira potencialmente eficaz para reduzir o uso de automóveis particulares e de promover o uso do transporte sustentável em longo prazo é por meio da influencia da aceitabilidade pública para as opções de transporte alternativas. Para começar a resolver essa lacuna de conhecimento, um estudo foi realizado em Manaus, no Brasil, no ano de 2011 (pré Copa do Mundo). Os resultados recomendam que uma mudança no comportamento durante a viagem, especialmente no curso de um megaevento, é mais eficazmente alcançada se os decisores políticos derem prioridade às medidas de promoção da mobilidade sustentável. Portanto, os responsáveis pelos transportes devem incentivar o uso de transporte e/ou mobilidade sustentável ao invés de aplicar medidas que punem a utilização do automóvel particular. Palavras-chaves: Aceitabilidade Pública. Megaeventos. Mobilidade Sustentável no Turismo.

Abstract

Mega-events, such as the FIFA Football World Cup, put unparalleled strain on the transport infrastructure of host cities, especially in the developing world where the transport system still cannot satisfactorily cope with the daily mobility of citizens. Behavioural issues are being increasingly considered as an answer to meeting the massive demand for transport and mobility during such short-term events, while it may also generate the desirable long-term legacy of sustainable mobility options to the host cities. One potentially effective means to reduce private car use and to promote long-term sustainable transport usage is through influencing the public acceptability of alternative transport options. To begin to address this knowledge shortfall, a study was conducted in Manaus, Brazil, in the year 2011 (before the World Cup). The findings recommend that a change in travel behavior, particularly during a mega-event, is more effectively achieved if policy-makers give priority to the measures promoting sustainable mobility. Therefore, transport policy-makers should encourage the use of sustainable transport and/or mobility over the application of measures that would punish private car use.

Keywords: Public acceptability. Mega-events. Sustainable tourism mobility.

Referência

MALHADO, Acácia Cristina Mendes; ROTHFUSS, Rainer; ARAUJO, Lindemberg Medeiros de. The public acceptability of push and pull measures as tools to promote sustainable mobility: A case-study for the 2014 FIFA World Cup. Percurso Acadêmico. Belo Horizonte, v.4, n.8, p. 210-216, 2014.