Núcleo de Estudos sobre Futebol, Linguagem e Artes (FULIA)

Elcio Loureiro Cornelsen, Marcelino Rodrigues da Silva

FULIA MINEIRAO grena Wagner Silva 13062011

O Núcleo de Estudos sobre Futebol, Linguagem e Artes (FULIA) foi fundado em 05 de maio de 2010, na Faculdade de Letras da UFMG, a partir da capacidade docente instalada, que já refletia pesquisas individuais previas que contemplavam estudos sobre o futebol enquanto objeto de análise de estudos linguísticos e literários. Desde então, são inúmeras as atividades desenvolvidas por seus membros pesquisadores, tanto docentes quanto discentes. Atualmente, o FULIA conta com 17 membros pesquisadores registrados no Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq, nos mais variados níveis.

Por sua vez, o Núcleo tem procurado atender ao projeto pedagógico que prevê atividades nos três âmbitos acadêmicos: ensino, pesquisa e extensão. Por oito semestres seguidos, temos oferecido disciplinas em nível de Graduação sobre a temática do futebol: “Futebol, Linguagem e Artes” (2011/1), “Futebol e Cinema” (2011/2), “Futebol em verso e prosa” (2012/1), “Futebol e Memória” (2012/2), “Futebol, Música e Poesia” (2013/1), “Futebol e Linguagem” (2013/2), “Futebol e Cultura” (2014/1) e “Imagem dos primórdios do futebol brasileiro: contos, crônicas, poemas” (2014/2).. Além disso, foram ministradas até o presente momento duas disciplinas em nível de Pós-Graduação: “Memória e Imagem do Futebol Brasileiro na Literatura, na Música e no Cinema” (2012/2), junto ao Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários (Póslit), da Faculdade de Letras da UFMG; “Futebol e Cinema no Brasil (2014/1), junto ao Programa Interdisciplinar de Pós-Graduação em Estudos do Lazer, da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional da UFMG.

Além das atividades de pesquisa e de ensino, procuramos também atuar no âmbito da extensão, sobretudo através da organização e realização de palestras, mini-cursos, mostras de cinema, participação em programas de rádio e de TV, publicações e participação em eventos no Brasil e no Exterior que visem à divulgação do conhecimento extramuros. Além disso, juntamente com o Grupo de Estudos sobre Futebol e Torcidas (GEFuT), da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional (EEFFTO), co-organizamos o I. Simpósio Internacional sobre Futebol, Linguagem, Artes, Cultura e Lazer, realizado de 18 a 20 de setembro de 2013 no Memorial Minas Gerais Vale, em Belo Horizonte. A proposta de realização de um Simpósio Internacional, cujo objetivo foi abordar as questões referentes à ampla relação entre futebol, linguagem, artes, cultura e lazer, resultou de uma série de projetos de pesquisa realizados, nos últimos anos, tanto na FALE quanto na EEFFTO, com destaque especial para o GEFuT, fundado em 2006 e coordenado pelo Prof. Dr. Silvio Ricardo da Silva, primeiro grupo de pesquisa da UFMG a abordar a temática do futebol. A organização conjunta do Simpósio foi fruto do profícuo diálogo existente entre pesquisadores das referidas unidades acadêmicas, diálogo este que nos últimos anos tem se concretizado em atividades como eventos, publicações e palestras. Além disso, a interlocução que ambas as unidades têm estabelecido com estudiosos de universidades brasileiras e estrangeiras em torno do tema proposto para o evento criou a possibilidade e a necessidade de reuni-los em um encontro, no intuito de contribuir para a consolidação desse campo de estudos em nossas universidades e de estimular o diálogo e a parceria com outras instituições.

Nossas atividades de pesquisa, ensino e extensão têm se pautado por essa postura transdisciplinar, algo que o próprio objeto – o futebol – demanda, pois, como nos lembra o sociólogo português António da Silva Costa, o futebol é “um fenômeno social total”. Falar sobre as manifestações históricas, memorialísticas, ou mesmo artísticas em torno do futebol desde os seus primórdios no Brasil, possibilita também traçar um perfil da própria sociedade brasileira ao longo de décadas.

Por sua vez, pesquisadores do FULIA co-organizaram o dossiê “Esporte, Literatura e Cultura” da revista Aletria (Qualis A1), do Póslit UFMG, lançado em 2012 (v. 22, n.2), e também dossiê “Literatura e Futebol”, da revista Em Tese (Qualis B3), do Póslit UFMG, lançado em 2014 (v. 20, n. 1). Os referidos dossiês pautam-se também por uma abordagem transdisciplinar, em que se procura dar conta de fenômenos esportivos (não só do futebol) associados às artes e à linguagem.

Enfim, são inúmeras as atividades desenvolvidas pelos pesquisadores vinculados ao FULIA desde sua criação, em maio de 2010, e a esperança é a de que possamos consolidar ainda mais os trabalhos do Núcleo como um centro de referência para estudos sobre Futebol, Linguagem e Artes. Cabe lembrar que, conforme estudo realizado no Diretório de Grupos do CNPq, o FULIA é o único grupo de pesquisa da área de Letras em todo o país, que contempla a temática do futebol em suas pesquisas. Para maiores informações, acesse o site do FULIA (atualmente em reforma e atualização).