Sport: Laboratório de História do Esporte e do Lazer

Victor Andrade de Melo

cropped-historiasdosport1

Por todo o mundo, as diferentes práticas corporais institucionalizadas (esporte, educação física, dança, ginástica, capoeira, entre outras) têm chamado a atenção de cientistas sociais e historiadores como objetos que podem contribuir para ampliar nosso olhar sobre o contexto social em que se inserem. No Brasil, ainda que existam estudos realizados desde o século XIX, a História do Esporte (termo aqui usado como metonímia para as práticas corporais institucionalizadas) é um ainda recente campo de investigação. Mesmo que o fenômeno esportivo não tenha escapado ao olhar atento de importantes teóricos brasileiros no decorrer do século XX, os estudos históricos que o têm como foco central somente a partir dos anos 1990 começaram a crescer quantitativa e qualitativamente, bem como a adquirir uma certa organicidade.

Compreendemos o esporte como uma das mais importantes manifestações do século XX. Trata-se de uma prática tipicamente moderna, que tem sua configuração articulada com todas outras dimensões (sociais, culturais, econômicas, políticas) de um dado contexto histórico. A construção do ideário e imaginário da modernidade, seus sentidos e significados, passa também pelas peculiaridades que adquiriu a prática esportiva no decorrer do tempo. Da mesma maneira, ocupam espaço de importância em seus contextos específicos alguns fenômenos análogos que devem merecer também nosso olhar cuidadoso: as práticas corporais de gregos, os gladiadores romanos, os torneios medievais, um grande número de manifestações lúdicas.

Vale ressaltar que esporte e lazer, desde suas origens, compartilharam muitas situações históricas e sentidos e significados construídos em diversos contextos, chegando mesmo a ser, em determinados momentos, sinônimos: não se pode compreender uma “sociedade esportiva” fora do entendimento da configuração de uma “sociedade do lazer”, da mesma forma que a configuração dessa última é em boa parte devedora da força do fenômeno esportivo. Tais práticas, assim, fazem parte do patrimônio cultural de um povo, sendo importantes ferramentas na construção de identidades: de classe, de gênero, de etnia, ligadas a construção da ideia de nação.

Essas reflexões nortearam a criação, no ano de 2006, do “Sport”- Laboratório de História do Esporte e do Lazer, vinculado ao Programa de Pós-Graduação em História Comparada/IH/UFRJ. O “Sport” pretende ser um núcleo de excelência que tem como centro de sua atuação os estudos históricos que têm como objeto as práticas corporais institucionalizadas. Seus membros são professores e alunos de graduação e pós-graduação, de várias áreas de conhecimento, da Universidade Federal do Rio de Janeiro e de outras instituições de nível superior. Suas atividades buscam articular a pesquisa (em todas suas dimensões), o ensino (de graduação e pós-graduação) e a extensão (com oferecimento de eventos, cursos e festivais de natureza diversa).

São seus objetivos: a) Contribuir para a preservação da memória do Esporte (documentos, fotografias, obras de arte, filmes, letras de música, obras literárias, depoimentos e todo tipo de fonte que possa contribuir para o desenvolvimento de estudos históricos), fazendo uso de recursos eletrônicos/da internet para difusão do material coletado; b) Desenvolver estudos históricos com o intuito de discutir a presença do Esporte nos diversos contextos sociais em que se insere.

O grupo possui as seguintes linhas de pesquisa: Memória Social do Esporte, História Política do Esporte, História Cultural do Esporte, História Comparada do Esporte, História Econômica do Esporte. Essas são suas ações: a) Reuniões periódicas; b) Realização de Pesquisas; c) Organização de eventos; d) Estímulo à produção científica; e) Constituição de Redes; f) Difusão de informações

O grupo possui uma revista indexada (Recorde: Revista de História do Esporte), promove dois projetos de extensão (Cineclube Sport e o blog Historia(s) do Sport) e frequentemente eventos científicos.

Para mais informações: Sport: Laboratório de História do Esporte e do Lazer