Chamada de artigos – Dossiê História do Esporte

Inscrições até: 31/03/2020

05fev

Dossiê História do Esporte

Proponentes
André Mendes Capraro (UFPR)
Miguel Archanjo de Freitas Jr (UEPG)

Até o início dos anos 1990 pesquisas sócio-históricas acerca do esporte, ao menos aqui no Brasil, ficavam no plano do exótico. Além de sui generis, a temática era reduzida a uma única modalidade, o futebol. No precursor dossiê Em campo, futebol e cultura, publicado pela Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, por exemplo, a maioria dos textos é marcada pelo forte influência marxista. Visava-se reforçar a suposta função alienadora de tal modalidade. A outra obra reconhecida no período foi Universo do Futebol, organizada pelo já renomado Roberto DaMatta e sua orientanda Simoni Laud Guedes. Mesmo cumprindo o relevante papel de revelar que o futebol deveria ser vislumbrado como um fenômeno da cultura brasileira, a obra era generalizante, tomando o futebol praticado no Rio de Janeiro como modelo nacional. As exceções, portanto, foram alguns livros de pouco reconhecimento editorial pelos próprios pares, bem como alguns artigos esparsos que resumiam a singela produção do tema esportes na década de 1980. Valendo a ressalva de que o futebol era – obviamente de forma equivocada – tomado como a própria história do esporte. Antes deste período, então, somente obras no estilo “história vista de cima”, como as de Inezil Penna Marinho e Thomaz (Tommaso) Mazzoni.

Mas houve nas últimas décadas um movimento abrupto de desenvolvimento das pesquisas cujo tema central é o esporte. Hoje pode-se, inclusive, apontá-lo como um tema com uma considerável historiografia. São centenas de grupos de pesquisas espalhados pelo mundo, dos quais, seguramente, algumas dezenas têm vínculo com instituições brasileiras. Foram fundadas várias sociedades que visam reunir pesquisadores especializados no fenômeno esportivo e afins, com destaque a European
Committee for Sports History (CESH), a North American Society for Sport History (NASSH), a Società Italiana de Storia dello Sport (SISS), a British Society of Sports History (BSSH), a Societè Française d´Histoire du Sport (SFHS), entre outras.

Entendendo a história do esporte como uma temática ampla, com potencial explicativo de sociedades diversas (sem negar que o esporte guarde as suas próprias especificidades), o dossiê aqui proposto estimula o envio de pesquisas sobre os seguintes assuntos (embora, outros não sejam descartados):

1. A proximidade histórica do esporte com a economia.
2. A gênese de diversas modalidades e/ou sua inserção no Brasil.
3. O processo aculturamento de modalidades esportivas.
4. As relações de gênero no ambiente esportivo.
5. O surgimento do esporte adaptado como consequência das guerras.
6. A relação tênue entre os esportes e diversas mídias.
7. O esporte como temática da literatura (romances, contos, crônicas, biografias, autobiografias, etc.).
8. A presença da política (seja interna ou externa) no esporte.
9. As diferentes formações identitárias construídas por meio dos esportes.
10. O amalgamento entre esporte e turismo.
11. Estudos de caso (atletas, dirigentes, clubes) sobre a história recentíssima do esporte, isto é, o processo de hiperespetacularização.

Nota: os proponentes desaconselham o envio de artigos cuja temática central seja o
futebol masculino.

Acesse a revista.

Data e horário

Início: 5 de fevereiro de 2020

Encerramento: 31 de março de 2020

Localização

História: Questões & Debates

Curitiba / PR