Chamada Dossiê Futebol e Mulheres

25dez

Foto: Daniel Kfouri (cedida para o Guerreiras Project).

É muito comum em nosso cotidiano referirmos o Brasil como país do futebol. No entanto, uma parte dessa história ficou esquecida. Por quase quatro décadas, as mulheres foram oficialmente proibidas de jogar bola (1941-1979) e a regulamentação do futebol feminino aconteceu apenas no ano de 1983. Tal interdição retardou o desenvolvimento da modalidade cujas consequências ainda hoje se fazem notar tais como a falta de profissionalização, visibilidade e reconhecimento. O dossiê Futebol e Mulheres pretende reunir textos que analisam a presença das mulheres no futebol em suas diferentes manifestações (rendimento, lazer, escolar, artística, etc.) e ocupações (jogadoras, árbitras, técnicas, torcedoras, jornalistas, gestoras, etc.). Pretende, ainda, evidenciar que apesar das dificuldades encontradas, as mulheres se fazem presentes neste esporte e por meio dele exercem atividades profissionais, de lazer, de sociabilidade, de educação e de empoderamento.

Organizadora: Silvana Vilodre Goellner (Escola Superior de Educação Física, Departamento de Desportos – UFRGS)

Data e horário

Início: 25 de dezembro de 2018

Encerramento: 8 de março de 2019

Localização

FuLiA / UFMG: revista sobre Futebol, Linguagem, Artes e outros Esportes

Belo Horizonte / MG