122.36

Cinco a zero, fora o show

Guilherme Trucco

O onze brasileiro. Foto: Mauro Horita/CBF.

Poderia falar da movimentação intensa de Bia, Ludmila, Debinha e Andressa, trocando de posição o tempo inteiro. Primeiro verniz de Pia no onze brasileiro.

Seria, na verdade, impreterível falar sobre a precisão e fina aragem de Andressa Alves, tanto nas enfiadas, quanto na bola parada. No gol de cabeça de Formiga, repare que ela nem precisa pular, nem quase olhar para a bola. Basta caminhar tranquilamente, manter sua rota, que a precisão de Andressa já define o gol por si só.

Mas em um jogo que foi 5 a 0, quero falar sobre uma zagueira. Sim. Confesso que nunca vi uma defensora atuar com tanta naturalidade no ataque. Reparem. Eram 22 do primeiro tempo, Andressa cobrou escanteio, a bola sobrou quicando na entrada da área. Normalmente o que se segue é um chute para fora do estádio, ou um lançamento para um zagueiro voltando em impedimento.

Não foi o caso.

A zagueira Érika na vitória do Brasil. Foto: Mauro Horita/CBF.

A bola veio alta, e Érika o que fez? Dominou a pelota. Acomodou. A bola nem sabia que tinha sido dominada. Que obedecia. Simplesmente seguia seu rumo redondo. No próprio domínio Érika já toca para Bia. Movimento único, plástico, inteligente, elegante. Bia, lúcida, devolve a tabelinha à frente, com a mesma classe, o mesmo verniz. Só essa tabela valeria o ingresso. Mas não. Érika avança, progride, indomável, recebe a triangulação e emenda de primeira para o gol. Para o gol não, para a trave. Porque o destino cínico destes lances de fagulha e genialidade, é de não se transmutar em gol. Assim, permanece desimportante. Permanece apenas a faísca.

Assim, podemos dizer: Cinco a zero, fora o show.

Que grande começo para o onze brasileiro sob o comando de Pia.

A zagueira Érika comemora com a técnica Pia Sundhage, na estreia desta pela seleção brasileira. Brasil 5 x 0 Argentina, Torneio Uber Internacional de Futebol Feminino, Estádio Pacaembu, São Paulo-SP, 29/08/2019. Foto: Paulo Pinto/All Sports.

Como citar

TRUCCO, Guilherme. Cinco a zero, fora o show. Ludopédio, São Paulo, v. 122, n. 36, 2019.