33.5

Eco de samba

Marcos Marques dos Santos Júnior

Um eco de cuíca com samba de surdo lento declamando a melancolia, e o cavaco chorando, ai que agonia!

Futebol cadenciado de surdo e de samba lento,
e um futebol do Barcelona de batida sofisticada, instigante de puro movimento.

Esse futebol de constante movimento, rebuscado, é também obra de arte.
pura poesia da coletividade;
O Barcelona joga bem com semântica, pura sinergia,
letras vivas mudando sempre de posição no papel-campo-poesia.

Joga bem com poesia concreta, letras vivas em movimento,
no campo-papel-tempo;
O Barcelona é escalado de acordo com a semântica,
numa preleção de Física Quântica.

Deita e rola… com ela no pé Messi parece até que
passou cola;
Messi realmente é um grande boleiro, mas a cereja do bolo dessa festa
é o pequeno e grande Iniesta.

Jogo do Barcelona. Foto: André de Ávila Acquaviva.

Pura estética vai fazendo do campo-espaço- plano a sua tela
e com pinceladas suaves vai pintando sua aquarela;
só não sei como sairia sua pintura aqui no Brasil num espaço-campo- várzea, pois o piso- tela-campo aqui nem sempre é plano.

Como em duas rodas o Barcelona deita e rola, brincando de bobinho
vai deixando o adversário maluquinho;
Uma roda grande e aberta que se fecha,
outra roda pequena e fechada que se abre.

Na pequena roda o passe é curto, envolvimento fino e absoluto, enquanto que na grande roda a abertura se dá como o desabrochar de uma rosa;

Bobinho botão de rosa…
que quando quer ir ao gol amadurece e desabrocha,
Bobinho botão de rosa…
que quando o gol fica difícil murcha e se encolhe de volta;

Messi rumo aos espaços parece até que portas abre,
Mas é o time mesmo que quando o jogo se tranca
gira pacientemente no miolo a sua Xavi;

 

Messi. Ilustração: André Fidusi.

Numa tela,
semântica
Numa música,
Física Quântica
Numa rosa,
uma chave
Numa porta,
que se abre,

Numa poesia,

de partes que viram todo…
e do todo de novo em partes…
que no Barcelona é declamada com a mistura das infinitas artes,
e com o gol-Todo mostrando que é maior que a soma dessas artes.

[…]

Porém, esse ritmo arrojado e sofisticado
aqui no Brasil também é encontrado,
ouvir o músico MC Criolo nesses tempos de
futebol de surdo e de samba lento, é um acalento;
ele tem rap de batida sofisticada e
também samba de puro movimento!

Como citar

SANTOS JúNIOR, Marcos Marques dos. Eco de samba. Ludopédio, São Paulo, v. 33, n. 5, 2012.