1923: investigação sobre a existência de racismo no noticiário esportivo carioca

Autores

João Paulo Vieira Teixeira

Orientador

Ronaldo George Helal

Banca

Hugo Rodolfo Lovisolo, Edison Luis Gastaldo

Faculdade / Instituição

Programa de PósGraduação em Comunicação, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Tipo

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Comunicação Social

Ano

2011

Páginas

169

Cidade

Rio de Janeiro

Resumo (pt)

No ano de 1923, o Clube de Regatas Vasco da Gama disputa pela primeira vez a Primeira Divisão do Campeonato Carioca de Futebol. A equipe conquista o título tendo, entre seus jogadores, homens negros e mulatos. Com vitórias expressivas, aquela trajetória passa a ocupar um lugar importante no imaginário construído sobre as primeiras décadas do futebol brasileiro. Toda esta construção está fundamentada na obra de Mario Filho, O Negro no Futebol Brasileiro. O livro relata o feito vascaíno como uma trajetória heróica, na qual um time formado por negros e mulatos precisou superar preconceitos raciais para alcançar seus objetivos. A proposta desta pesquisa é comparar a narrativa de Mario Filho com o que foi escrito nos jornais da época. O objetivo é verificar se há mais incoerências ou coincidências entre o que Mario Filho escreveu e o que os jornais noticiaram. Ao retomar os jornais da década de 1920, verificamos como a imprensa enxergava o acontecimento à época e, se o preconceito racial estava presente nas páginas dos jornais, assim como nos faz crer a obra de Mario Filho. A comparação revelou que, em alguns momentos, a narrativa de Mario Filho encontra respaldo integral nas notícias publicadas no ano de 1923. No entanto, em outras oportunidades o autor não encontra nenhum respaldo nas outras fontes consultadas.

Abstract

In 1923, the Clube de Regatas Vasco da Gama takes part of the Rio de Janeiro state football First Division league for the very first time. The team wins the title having black and mulatto men among its players. With its impressive victories, that trajectory begins to occupy an important role in the imagination built on the early decades of Brazilian football. This whole construction is based on Mario Filho’s work, “The Negro in Brazilian Soccer”. The book tells the achievements of this man as a heroic journey, in which a team made up of blacks and mulattos had to overcome racial prejudice in order to achieve his goals. The present research aims at comparing Mario Filho’s narrative with what was written in the newspapers of that time. The main objective is to check for inconsistencies or more coincidences between what Mario Filho has written and what the newspapers reported. By taking up the newspapers from the 1920s, it is possible to examine how the event was seen by the press at the time. It is also possible to determine whether racial bias was present in the pages of newspapers, as Mario Filho’s work makes us believe. The comparison showed that, in some parts, Mario Filho’s narrative is greatly supported by reports published in 1923. However, on other occasions, the author finds no support in other sources consulted.

Sumário

INTRODUÇÃO, 11

1 O VASCO DA GAMA E A LUTA CONTRA O RACISMO ATUALMENTE, 16

1.1 Confusão com a notícia, 17

1.2 Site oficial, 19

1.3 Livro do Campeonato Carioca, 22

1.4 Propagar esta história pode ser lucrativo, 25

1.5 “Racista aqui não”, 27

2 REVISITANDO O DEBATE, 32

2.1 A obra de Mario Filho, 33

2.1.1 O campo e a pelada, 34

2.2 Raízes brasileiras, 36

2.3 Criação de mitos, 37

2.4 Identidade Nacional , 40

2.5 Tradições inventadas, 43

2.6 A invenção do país do futebol, 44

2.6.1 Construções de identidade, 45

2.6.2 Racismo no futebol, 46

2.6.3 Preconceito de Marca, 47

2.6.3.1 O elogio ao negro, 51

2.6.4 A campanha de 1923, 53

2.6.5 As páginas dos jornais, 56

3 ANÁLISE DAS CRÔNICAS, 58

3.1 Coleta do Material, 58

3.1.1 Os jornais, 60

3.2 Campeonato Carioca, 61

3.2.1 Campeonato de 1923, 64

3.3 Campanha Vascaína, 65

3.3.1 Primeiras vitórias, 67

3.3.2 Surge o favorito, 70

3.3.3 Campeão antecipado, 73

3.3.4 Segundos teams, 76

3.4 Categorias de análise, 77

3.4.1 Preparo físico, 80

3.4.2 Qualidade técnica, 83

3.4.3 “Nélson optimo keeper”, 86

3.4.4 Arbitragem, 88

3. 4.5 As mais ruidosas manifestações, 91

3.4.6 Resultado justo , 93

4 VASCO X FLAMENGO: ROMANCE OU NOTÍCIA?, 96

4.1 Comparação, 96

4.1.1 A Assistência, 98

4.1.2 O match, 101

4.1.3 A incivilidade, 104

4.2 Levantando o véu, 105

5 CONSIDERAÇÕES FINAIS, 107

REFERÊNCIAS, 114

ANEXO A – Crônicas do Jornal do Brasil , 119

ANEXO B – Crônicas de O Paiz, 139

ANEXO C – Crônicas do Correio da Manhã, 150

ANEXO D – Notas de diversos jornais, 157

ANEXO E – Súmulas dos jogos, 164

Referência

TEIXEIRA, João Paulo Vieira. 1923: investigação sobre a existência de racismo no noticiário esportivo carioca. 2011. 169 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação Social) - Programa de PósGraduação em Comunicação, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2011.