A bola da vez

Autores

Evelyn Louyse Godoy Postigo

Subtítulo

gestão e resistência no cotidiano de uma favela carioca em contexto de pacificação

Orientador

Gabriel de Santis Feltran

Banca

Taniele Cristina Rui, Maria Inês Rauter Mancuso

Faculdade / Instituição

Centro de Educação e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Carlos

Tipo

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Ciências Humanas

Ano

2014

Páginas

129

Cidade

São Carlos

Resumo (pt)

A cidade do Rio Janeiro passou por significativas mudanças nas duas últimas décadas, sobretudo no que se refere aos dispositivos que regulam os modos de vida de populações moradoras de favelas, os quais explicitam que o conflito na relação morro e asfalto tem sido cada vez mais entendido sob o signo da violência. Vale destacar que essas mudanças têm sido acentuadas com a preparação da cidade para os mega-eventos Copa do Mundo de Futebol e Jogos Olímpicos. Tendo em vista este cenário, o objetivo deste trabalho foi refletir, a partir de uma pesquisa etnográfica realizada na Cidade de Deus – Rio de Janeiro (uma das primeiras favelas a receber o projeto Unidade de Polícia Pacificadora – UPP), como conflitos sociais e políticos são vivenciados no cotidiano de moradores de uma favela em contexto de pacificação. Argumenta-se que, se no âmbito da produção dos discursos, as esferas da política, religião, Estado e crime podem ser antagônicos e estar em conflito, no nível das relações sociais mais capilares as fronteiras entre estas esferas são borradas. Tensionam-se, mas não são excludentes entre si, coexistindo nos cenários pesquisados.

Abstract

Rio de Janeiro city has undergone significant changes over the past two decades, principally respect to devices that regulates the way of life from populations from favelas’ neighborhood. They explain that the conflict in the relation favela and asphalt has been increasingly understood by the violence key. I noteworthy which these changes have been with marked with the preparation of the city for the mega events Soccer World Cup and Olympic Games. In view of this scenery, the aim of this work was to think, starting from a ethnographic research performed in Cidade de Deus Rio de Janeiro (one of the first slum to receive the project Unidade de Polícia Pacificadora UPP [Pacifying Police Unit]), how social and politic conflicts are daily experienced by favela dwellers under pacification context. I argued that, if in the ambit of production of discourses, the spheres of politics, religion, State and crime can be antagonistic and in conflict. At the level of social relations more capillaries, the borders between these spheres are blurred. It is intended to, but they are not exclusionary among them, coexisting within assessed sceneries.

Sumário

Introdução, 8

PARTE 1, 12
Contexto, 13
A Cidade de Deus, 28
A Pesquisa, 31
O Primeiro Contato, 42
A Volta, 47

PARTE 2, 50
Violência urbana, favelas e segurança pública, 51
A UPP chegou na favela, 55
Dois policiais da UPP, 57
O “atividade”, a “mulher”, o “vapor”, o “frente”, a “endola” e o “dono” – o tráfico de drogas pós UPP, 64
O tráfico de drogas e seus interditos, 71
De que lado você samba, 76
Na batida do funk, na tinta do “xarpi”, 79
A “branca”, a “pedra” e a “preta”, 87
Os jovens suspeitos, a igreja e os policiais, 88
Quando Deus e o Diabo dividem espaço, 90
A igreja como uma alternativa, 92
O diabo veste branco, 94
As associações locais e o tráfico de drogas, 95
As associações locais, as grandes ONGs e os jovens, 103
Os cursos de capacitação e a culpabilização, 108
Apelo ao sensível: as grandes ONGs e as igrejas pentecostais, 111
Favelização da cidade, 115

Considerações finais, 119

Referências, 123

Websites consultados, 128

Referência

POSTIGO, Evelyn Louyse Godoy. A bola da vez: gestão e resistência no cotidiano de uma favela carioca em contexto de pacificação. 2014. 129 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Centro de Educação e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2014.