A “camisa 10” do futebol como um símbolo na manutenção da identidade nacional – o discurso da mídia

Autores

Bruno Otávio de Lacerda Abrahão, Felipe Di Blasi, Marco Antonio Santoro Salvador

Periódico / Revista

Esporte e Sociedade

Cidade

Niterói

Volume

v. 2

Número

n. 6

Ano

2007

Área de concentração

Sociologia

ISSN

18091296

Resumo (pt)

O objetivo deste artigo é analisar os significados que a mídia atribui à “camisa 10” do futebol brasileiro. Para tanto, verificamos matérias de jornais impressos, uma reportagem do programa “Esporte Espetacular” da Rede Globo de Televisão e realizamos entrevistas semiestruturadas com 3 jornalistas esportivos da Rádio Itatiaia de Belo Horizonte cujos conteúdos das respostas foram analisados conforme Bardin (1994). Utilizamos do modelo “codificação/decodificação” proposto por Hall (2003, p. 387). Podemos observar que a mídia, como uma das guardiãs e difusoras da memória coletiva, reporta à “camisa 10” e a divulga como uma materialização da quintessência das imagens identitárias do futebol brasileiro.

Abstract

The objective of this article is to analyze the meanings that the media attributers to the Brazilian’s soccer “10 shirt”. For that the stories on printed newspaper, a story on the program “Esporte Espetacular” of Globo TV channel were verified. Also semi-structured interviews with 3 sporting journalists of the “Rádio Itatiaia” of Belo Horizonte and their answers were analyzed according to Bardin (1994). The model used was the “codification/decodification” proposed by Hall (2003, p. 387). It could be observed that the media, as one of the guardians for the dissemination of the collective memory, uses “10 shirt” and advertises it as a materialization of Brazilian soccer’s identity images. 

Referência

ABRAHãO, Bruno Otávio de Lacerda; BLASI, Felipe Di; SALVADOR, Marco Antonio Santoro. A “camisa 10” do futebol como um símbolo na manutenção da identidade nacional – o discurso da mídia. Esporte e Sociedade. Niterói, v. 2, n. 6, 2007.