A cobertura da mídia impressa na Copa das Confederações 2013 e Copa do Mundo 2014

Autores

Bárbara Bressan Belan

Subtítulo

a liberdade de expressão nas manifestações sociais

Orientador

Carlo José Napolitano

Banca

Jose Carlos Marques, Ary José Rocco Júnior

Faculdade / Instituição

Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, Universidade Estadual Paulista

Tipo

Dissertação

Área de concentração

Mestre em Comunicação

Ano

2016

Páginas

136

Cidade

Bauru

Resumo (pt)

O direito à liberdade de expressão é garantido pela Constituição brasileira de 1988, e pode ser exercido de diversas formas. Entre junho de 2013 e julho de 2014, esse direito foi exercido por milhões de brasileiros que foram às ruas protestar contra a precariedade da saúde e educação pública, a corrupção, o aumento da tarifa de ônibus e também contra os gastos excessivos para a realização da Copa do Mundo. As manifestações sociais aconteceram na mesma época em que dois megaeventos esportivos eram realizados no país: a Copa das Confederações, em 2013, e a Copa do Mundo, em 2014. O objetivo desta pesquisa é verificar se dois veículos de comunicação impressos, Folha de S. Paulo e O Globo, que noticiaram as manifestações sociais, trataram-nas como um exercício pleno do direito à liberdade de expressão, ou criminalizaram o movimento. Para cumprir os objetivos, será utilizada a metodologia da análise de conteúdo. A hipótese é de que os jornais abordaram o assunto de maneira superficial e negativa. A partir das análises quantitativas e qualitativas realizadas com base na metodologia escolhida, tornou-se possível a confirmação de tal hipótese.

Abstract

The right to freedom of expression is guaranteed by the Brazilian Constitution of 1988, and can be practiced by many different ways. Between june of 2013 and july of 2014, this right was practiced by millions of Brazilians, that went to the street to protest against the precariousness of public health and education, corruption, the increase in the bus pass and also against excessive expenses for the realization of the World Cup. The social manifestations happened in the same time that two sportive mega events were realized in the country: The Confederations Cup, in 2013, and The World Cup, in 2014. The object of this research is to verify if two newspapers, Folha de S. Paulo and O Globo, that noticed the social manifestations, treated them as an exercise of the right to freedom of expression, or criminalized the protest. To meet the goals, it will be used the methodology of content analysis. The hypothesis is that the newspapers dealt with the issue in a superficial and negative way. By the quantitative and qualitative analysis based on the chosen method, it became possible to confirm this.

Sumário

1. INTRODUÇÃO, 14
CAPÍTULO 2 – A Liberdade de expressão no contexto brasileiro, 19
2.1 Da liberdade de expressão do pensamento no direito brasileiro, 19
2.2 Lei Geral da Copa, 24
2.3 Movimentos em rede, 30
CAPÍTULO 3 – O futebol e os Megaeventos como instrumentos de visibilidade interna e internacional, 40
3.1 A chegada do futebol no Brasil, 40
3.2 Futebol: construção da identidade nacional, 44
3.3 Megaeventos esportivos no país do futebol, 47
CAPÍTULO 4 – Metodologia, 53
4.1 Análise de Conteúdo, 53
4.2 Formatos Jornalísticos, 58
CAPÍTULO 5 – Apresentação dos Resultados, 62
5.1 Gráficos e Tabelas, 62
CAPÍTULO 6 – Quantificação, discussão dos resultados e inferências, 88
6.1 Aplicação do método, 88
6.2 Análise Qualitativa, 118
CONSIDERAÇÕES FINAIS, 129
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS, 132

Referência

BELAN, Bárbara Bressan. A cobertura da mídia impressa na Copa das Confederações 2013 e Copa do Mundo 2014: a liberdade de expressão nas manifestações sociais. 2016. 136 f. Dissertação (Mestre em Comunicação) - Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, Universidade Estadual Paulista, Bauru, 2016.