A Copa de 2014 na capital mineira e relações com as políticas públicas de esporte e lazer

Autores

Carlos Eduardo Dias Munaier Lages

Subtítulo

estudo a partir de projetos que compõem o planejamento estratégico integrado do Estado de Minas Gerais e da Prefeitura de Belo Horizonte

Orientador

Silvio Ricardo da Silva

Banca

Helder Ferreira Isayama, Leila Mirtes Santos Magalhães

Faculdade / Instituição

Escola de Educação física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Universidade Federal de Minas Gerais

Tipo

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Lazer

Ano

2012

Páginas

211

Cidade

Belo Horizonte

Resumo (pt)

O presente estudo tem como objetivo compreender as concepções de Políticas Públicas de Esporte e Lazer e de Participação Popular presentes em três projetos do Planejamento Estratégico Integrado da Copa do Mundo de 2014 do Estado de Minas Gerais e da Prefeitura de Belo Horizonte e nos discursos de seus formuladores, bem como analisar as ações inscritas nestes projetos que incidirão nas vivências de esporte e lazer dos belo-horizontinos. A pesquisa foi organizada em quatro etapas: uma exposição teórica dos conceitos e impactos relacionados a megaeventos e algumas aproximações com lazer, uma exposição teórica dos conceitos de participação popular e políticas públicas, enfatizando aquelas de esporte e lazer, uma análise dos projetos escolhidos para investigação (Modernização do Mineirão, Estádios Alternativos, Mobilidade Urbana) e do Planejamento Estratégico Integrado e, por último, uma análise das entrevistas que foram realizadas com seis gestores relacionados à formulação e/ou implementação dos projetos. Para a realização da investigação foram criadas quatro categorias de análise: Ações inscritas nos projetos que podem influenciar nas vivências de esporte e lazer dos Belo-horizontinos, Concepções de políticas públicas de esporte e lazer, Concepções de participação popular e Impactos e legados. Para cumprir os objetivos instituídos nessa investigação adotou-se a pesquisa documental e de campo, de caráter qualitativo. A análise dos documentos foi feita à luz da análise de conteúdo. Quanto à pesquisa de campo, foi utilizada como instrumento a entrevista semi-estruturada, buscando-se dar maior liberdade ao entrevistado para explorar e argumentar sobre aspectos relevantes sobre seu pensamento. Nas considerações finais foram realizadas inferências relacionando-se os conceitos teóricos discutidos nos dois primeiros capítulos com as análises realizadas a partir do planejamento estratégico e dos projetos escolhidos para análise, bem como dos relatos realizados pelos gestores entrevistados. Dessa forma, verificou-se que a maior parte das intervenções propostas pelos gestores e projetos que influenciarão nas vivências de esporte e lazer dos belo-horizontinos foram propostas a partir de uma lógica mercadológica. Constatou-se que alguns gestores possuem concepções tangenciais e superficiais acerca de políticas públicas de esporte e lazer, não sendo possível compreender objetivamente a importância e a relação destas para com a organização da Copa do Mundo de 2014, e muito superficiais e amplas no que diz respeito à participação popular, não deixando claro também, se esta ocorreu efetivamente no processo de organização do megaevento. No que se refere aos impactos e legados, grande parte dos gestores concebem a realização da Copa do Mundo na capital Mineira como uma oportunidade comercial, bem como, uma oportunidade de antecipação decisões e recursos governamentais, de aumento do fluxo de turistas, e da promoção da imagem da cidade.

Abstract

The present study aims to understand the concepts of Public Policies to Sport and Leisure, and the popular participation in three projects of integrated Strategic Planning of the World Cup in 2014 in the State of Minas Gerais and the city of Belo Horizonte and the discourse of their makers, as well as analyze the actions included in those projects that focus on the experiences of sport and leisure of Belo Horizonte. The research was organized into four stages: an exposition of theoretical concepts and impacts related to mega events and some approaches to leisure, a theoretical exposition of the concepts of popular participation and public policy, emphasizing those of sport and leisure, an analysis of the projects chosen for research (Modernization of the “Mineirão” Stadium, Stadiums Alternative, Urban Mobility) and the Integrated Strategic Planning and finally, an analysis of the interviews which were conducted with six managers directly related to the formulation and / or implementation of projects. To carry out the research, were created four categories of analysis: actions listed on the projects that can influence the experiences of sport and leisure of “belohorizontino” people, Conceptions of public policies for sport and leisure, Conceptions of popular participation and impacts and legacies. To accomplish the goals established in this investigation was adopted a method of documentary research and field of qualitative character. The analysis of documents was made based on the technique of content analysis by Bardin (1979). Yet for field research, was used a semi-structured interview seeking to give freedom for the interviewee to explore and argue about relevant issues on his mind, as proposed by Triviños Neto (2004). The final remarks were made inferences relating to the theoretical concepts discussed in the first two chapters with the analyzes from the strategic planning and projects chosen for analysis as well as the reports made by the managers interviewed. Thus, it was found that several interventions proposed by the managers and projects that influence the experiences of sport and leisure of “belohorizontino” people the proposals were based on a market-oriented logic. It was found that some managers have tangential and superficial conceptions about public policies to sport and leisure, with no clear its importance and its relationship with the organization of World Cup 2014, and very large surface and with respect to participation popular, making it unclear whether this actually occurred in the process of organizing the mega event. Regards to the impact and legacy, most managers perceive the achievement of the World Cup in the capital as a “business” meaning, an opportunity to advance decisions and government resources, the increased flow of tourists and the promotion of the image of the city.

Sumário

INTRODUÇÃO, 15
Contexto da Pesquisa, 17
Processos metodológicos, 18
Percurso da pesquisa, 18
Contexto e Sujeitos da pesquisa, 20
Métodos e instrumentos, 21

CAPÍTULO 1, 26
1 MEGAEVENTOS: CONCEITOS E IMPACTOS, 26
1.1 Conceito, 26
1.2 Impactos, Legados e Conflitos, 30
1.3 Impactos urbanos, 40
1.3.1 Mobilidade urbana e ordenamento territorial, 45
1.3.2 Dos Equipamentos esportivos, 48
1.4 Aproximações com o lazer, 50

CAPÍTULO 2, 55
2. POLÍTICAS PÚBLICAS: CONCEITUAÇÃO, 55
2.1 Políticas Públicas: Atores, Estágios e formação da Agenda, 58
2.2 Políticas Públicas de Esporte e Lazer, 61
2.3 Políticas Públicas e Participação Popular, 69

CAPÍTULO 3, 79
3 ANÁLISE DOS PROJETOS ESCOLHIDOS, 79
3.1 Planejamento Estratégico Integrado, 79
3.1.1 Modelo Integrado de Gestão, 81
3.1.2 Mapa Estratégico, 82
3.1.3 Carteira de Projetos, 83
3.1.4 Estrutura de Governança Cooperada, 90
3.1.5 Estruturas de Controle, 92
3.1.6 Níveis de Alinhamento, 95
3.2 Mineirão, 98
3.3 Estádios alternativos, 105
3.4 Mobilidade urbana,108

4.0 A VOZ DOS GESTORES, 119
4.1 Perfil dos entrevistados, 120
4.2 Vivências de esporte e lazer, 120
4.3 Concepções de políticas públicas de esporte e lazer, 129
4.4 Concepções de Participação Popular, 140
4.5 Impactos e Legados,155

CONSIDERAÇÕES FINAIS, 165

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS, 170

ANEXO 1 – TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO DE
PARTICIPAÇÃO EM PESQUISA,177
ANEXO 2 – ROTEIRO ENTREVISTA 1,179
ANEXO 3 – CARTA DE ANUÊNCIA DA UFMG À PREFEITURA DE BELO
HORIZONTE,180
ANEXO 4 – CARTA DE ANUÊNCIA DA UFMG AO GOVERNO DO ESTADO DE
MINAS GERAIS,182

5 QUADROS DE ENTREVISTAS,184
Quadro 1: Perfil dos entrevistados,184
Quadro 2: Ações que podem influenciar as vivências de esporte e lazer dos
Belohorizontinos, 185
Quadro 3: Concepções de políticas publicas de esporte e lazer, 194
Quadro 4: Concepções de Participação Popular,198
Quadro 5: Impactos e Legados, 204

Referência

LAGES, Carlos Eduardo Dias Munaier. A Copa de 2014 na capital mineira e relações com as políticas públicas de esporte e lazer: estudo a partir de projetos que compõem o planejamento estratégico integrado do Estado de Minas Gerais e da Prefeitura de Belo Horizonte. 2012. 211 f. Dissertação (Mestrado em Lazer) - Escola de Educação física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2012.