A Copa do Mundo de 1930 e sua história

Autores

Tatiana Zuardi Ushinohama, José Carlos Marques

Tipo de evento

Simpósio

Nome do evento

História Oral

Nome do congresso

Memória, Democracia e Justiça

Edição do Congresso

XI Encontro Nacional de História Oral

Cidade

Rio de Janeiro

Ano

2012

Páginas

13

Entidade Organizadora

UFRJ

Resumo (pt)

A primeira Copa do Mundo de Futebol organizada pela Fédération Internationale de Football Association (FIFA), como já é sabido, realizou-se em 1930 no Uruguai. Essa iniciativa de uma competição mundial de seleções em modalidade esportiva específica, no caso o futebol, justificava-se pelo crescimento e expansão desse esporte pelo mundo e pelo início do processo de profissionalização dos atletas nos países com grande tradição nesse esporte. Apesar de o torneio ser um importante marco na história do futebol, verificamos que as informações disponíveis em livros a respeito do evento são poucas e estão baseadas, em sua maioria, nos documentos oficiais da instituição organizadora, nas descrições das situações socioeconômicas dos países no período e em alguns relatos envolvendo as partidas. A partir dessa constatação, este estudo propõe pesquisar e confrontar evidências históricas da Copa do Mundo de 1930 contidas em três tipos de fontes de informação: livros enciclopédicos, imagens cinematográficas e relatos orais, a fim de estabelecer limites e aproximações entre os fatos apresentados nas fontes, buscando uma compreensão maior da história deste evento esportivo. O material selecionado consistirá de três livros enciclopédicos (The Story of the World Cup de Brian Glanville, 1974; Todas as Copas do Mundo de Orlando Duarte, 1998; O Mundo das Copas de Lycio Vellozo Ribas, 2010), três arquivos orais (Lucien Laurent, Emílio Recoba e Francisco Varallo) e uma coletânea cinematográficas gravadas durante o evento de 1930. A análise entre os materiais coletados consistirá na comparação de três sequências de fatos disponíveis e identificados em ambas as fontes de modo a verificar se há interligação entre elas e se é possível interpretá-los conjuntamente. Para refletir a respeito dos arquivos orais, esta pesquisa utilizará como metodologia a proposta descrita por Paul Thompson no livro A voz do passado. Com a pesquisa do evento esportivo nos livros, foi possível estabelecer uma orientação para o estudo sobre quais os fatos que deveriam ser analisados nas outras fontes, já que os fatos expostos vinham de documentos originais escritos nos jogos. As imagens cinematográficas permitiram compreender qual era a dinâmica do jogo do futebol em 1930, identificando a habilidade técnica dos jogadores e a tática das equipes. A evidência oral originária dos relatos dos jogadores atribuiu ao objeto de estudo outro ponto de vista, o dos sentimentos de quem vivenciou o evento, contribuindo para a formação de uma história distinta e mais rica. Assim, ao entrelaçar as fontes separadas, o estudo constatou a veracidade dos fatos selecionados nesta pesquisa, aprofundando e justificando as suas ocorrências por meio de outros aspectos que puderam ser destacados nas entrevistas e nas imagens.

Referência

USHINOHAMA, Tatiana Zuardi; MARQUES, José Carlos. A Copa do Mundo de 1930 e sua história. In: UFRJ, XI Encontro Nacional de História Oral, 2012, Rio de Janeiro. Memória, Democracia e Justiça, UFRJ. Simpósio, UFRJ, 2012.