A Guerra do Paraguai e o imaginário esportivo catarinense

Autores

Cristhian Caje

Periódico / Revista

CSOnline – Revista Eletrônica de Ciências Sociais

Cidade

Juiz de Fora

Número

n. 31

Páginas

p. 219-240

Ano

2020

Tema

Dossiê O lugar das Ciências Sociais nas pesquisas sobre futebol

ISSN

1981-2140

Resumo (pt)

O soldado-cidadão idealizado a partir das narrativas da Guerra do Paraguai, foi incorporado ao projeto de construção da nacionalidade e, via a prática de exercícios físicos, foi visto como elementar para a consolidação dos valores da República (1889). Este trabalho identifica e analisa alguns desses elementos a partir da experiência visual da Guerra do Paraguai (1865-1870). Partindo de imagens fotográficas e iconográficas em que esses significados históricos emergem e estabelecem relações com a história dos clubes de remo e futebol de Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina. Mostrando como a Guerra do Paraguai desenvolveu um papel importante como elemento dramático para o imaginário heróico e glorioso do esporte catarinense.

Palavras chaves: Guerra do Paraguai, Imaginário, Identidade Nacional, Esporte Catarinense

Abstract

The soldier-citizen idealized from the narratives of the war, was incorporated into the project of building nationality and, through the practice of physical exercises, was seen as an elementary part for the consolidation of the Republic (1889). This work identifies and analyzes some of these elements from the visual experience of the Paraguayan War (1865- 1870). Starting from photographic and iconographic images, in which historical meanings emerge, establishing relationships with the history of the rowing and football clubs of Florianópolis, capital of the state of Santa Catarina. Showing how the Paraguayan War developed an important role as a dramatic element for the heroic and glorious imagery of Santa Catarina sport.

Key words: War of Paraguay, imaginary, national identity, Santa Catarina sport.

Referência

CAJE, Cristhian. A Guerra do Paraguai e o imaginário esportivo catarinense. CSOnline – Revista Eletrônica de Ciências Sociais. Juiz de Fora, n. 31, p. 219-240, 2020.