A importância dos imigrantes e descendentes na seleção francesa ao longo das Copas do Mundo

Autores

Guilherme Silva Pires de Freitas

Periódico / Revista

FuLiA / UFMG

Cidade

Belo Horizonte

Volume

v. 3

Número

n. 2

Páginas

p. 51-71

Ano

2018

Tema

Dossiê Sobre Copas do Mundo...

ISSN

2526-4494

Resumo (pt)

Conhecida pelo seu perfil multicultural, a seleção francesa de futebol contou com os serviços de diversos jogadores imigrantes e descendentes de imigrantes ao longo das Copas do Mundo. Este trabalho apresenta um histórico realçando a importância destes atletas que vestiram a camisa dos Bleus ao longo dos Mundiais desde os pioneiros como Alexandre Villaplane na Copa do Mundo de 1930 até a jovem geração multicultural bicampeã mundial em 2018, passando por Zinedine Zidane, maior ídolo do país e principal nome do título mundial em 1998. O artigo mostra ainda a importância e peso que o futebol tem para sociedade francesa, que através da modalidade consegue discutir e debater delicados assuntos de interesse nacional como a imigração, multiculturalismo e a identidade nacional.

PALAVRAS-CHAVE: Futebol; Copa do Mundo; França; Imigração; Identidade.

Abstract

Famous for multicultural profile, the French national football team has had services of several immigrant players throughout the World Cups. This research presents a history highlighting the importance of these who dressed the Bleus shirt throughout the World Cup from the pioneers like Alexandre Villaplane in the 1930 World Cup to the young multicultural generation twice world champion in 2018, passing through Zinedine Zidane, the country’s biggest idol and the main player of the world title in 1998. The article also shows the importance that football has for French society, which through the modality manages to discuss and debate sensitive issues of national interest like as immigration, multiculturalism and national identity.

KEYWORDS: Football; World Cup; France; Immigration; Identity.

Referência

FREITAS, Guilherme Silva Pires de. A importância dos imigrantes e descendentes na seleção francesa ao longo das Copas do Mundo. FuLiA / UFMG. Belo Horizonte, v. 3, n. 2, p. 51-71, 2018.