A influência da maturação biológica e do efeito da idade relativa no processo de seleção de talentos de jovens jogadores de futebol

Autores

Renato Alves da Costa

Orientador

Marcelo Massa

Banca

Fábio Rodrigo Ferreira Gomes, Fernando Henrique Magalhães, Rudney Uezu

Faculdade / Instituição

Escola de Artes, Ciências e Humanidades, Universidade de São Paulo

Tipo

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Educação Física

Ano

2018

Páginas

68

Cidade

São Paulo

Resumo (pt)

O estágio maturação biológica é um fator importante que influencia o processo de seleção e promoção de talentos esportivos. Vários autores têm demonstrado que diferentes aspectos morfofuncionais, como por exemplo, o tamanho corporal, a velocidade e a força, possuem um ritmo de desenvolvimento individual durante o período da puberdade, sendo altamente dependente do estágio de maturação biológica. Diante dessa influência da maturação biológica sobre o processo de seleção de jovens atletas, outro fenômeno vem sendo observado durante esse processo, o Efeito da Idade Relativa (EIR). O EIR refere-se à influência que os meses de nascimento (idade cronológica) podem provocar na aprendizagem e no desempenho de jovens em uma determinada tarefa e/ou processo ensino-aprendizagem. Portanto, seguindo o pressuposto do EIR, os sujeitos nascidos nos primeiros trimestres do ano poderiam apresentar vantagens biológicas (ex. hormônios), físicas (ex. estatura, peso, força, etc.), cognitivas, psicológicas e de aprendizagem sobre sujeitos de mesma idade cronológica nascidos nos últimos meses do ano. Essas variações poderiam afetar o desempenho, provocando a superestimação dos resultados observados no momento da avaliação. Desta forma, o objetivo do presente estudo foi analisar a maturação biológica e o EIR entre os jovens atletas selecionados para programas de treinamento em longo prazo no futebol. Para tanto, em um primeiro momento foram avaliados jovens atletas de futebol, participantes do processo de seleção de talentos para ingresso na categoria sub-14 de um clube de futebol com destaque nacional e internacional. No segundo momento foram coletadas as mesmas variáveis apenas no grupo de jovens selecionados para compor a equipe sub-14 do referido clube. Os parâmetros avaliados foram: mês de nascimento, nível de maturação sexual, concentração de testosterona, composição corporal e força geral (preensão palmar). De maneira geral, os resultados permitiram concluir que há uma forte presença do EIR na amostra investigada de jogadores de futebol apresentando diferentes datas de nascimento entre iniciantes/titulares e excluídos, com maior participação de jogadores nascidos no primeiro trimestre no grupo de iniciantes/titulares (75%) quando comparados ao grupo selecionado (50%). Também foi detectada uma concentração de testosterona mais elevada para os jogadores selecionados (172,0 ± 43,1 nmol.L-1) em comparação com os jogadores excluídos (130,3 ± 28,3 nmol.L-1). Portanto, os achados atuais sugerem uma forte influência do EIR e da maturação biológica no processo de seleção de jovens jogadores de futebol.

Abstract

The biological maturation status is an important factor that influences the talent identification process and development of sports talent. Several authors have shown that different morphological and functional aspects, such as body size, speed and strength have an individual rate of development during puberty, being highly dependent on the stage of sexual maturation. Given this influence of biological maturation on the talent identification process of young athletes, another phenomenon has been observed during this process, the Relative Age Effect (RAE). The RAE refers to the influence that the months of birth (chronological age) can result in learning and performance of a given task in young people. Therefore, following the assumption of the RAE, subjects born in the first quarters of the year could provide biological advantages (eg. hormones), physical (eg. height, weight, strength, etc.), cognitive, psychological and learning about the same subject chronological age born in the last months of the year. These variations could affect performance, causing overestimation of the results observed during the talent identification process. Thus, the objective of this study is to analyze the biological maturation and RAE between young athletes selected for training programs in football long term. Therefore, in the first instance will be assessed youth soccer players participating in the talent selection process for entry into the under-14 category of a football club, with national and international prominence. In the second phase will be collected the same variables in the group of young people selected to make the under-14 team of the club. The parameters are: month of birth, level of sexual maturity, testosterone, body composition, and overall strength (grip hand). In general, the results allowed to conclude that there is a strong presence of EIR in the sample investigated of soccer players showing a different birth date distribution was observed between starters and dismissed players with a greater participation of players born in the first trimester in the starters group (75%) when compared to the selected group (50%). Also a higher testosterone concentration was detected for starters players (172.0 + 43.1 nmol.L-1) as compared to dismissed players (130.3 + 28.3 nmol.L-1). Therefore, current findings suggest a strong influence of EIR and biological maturation on the selection process of young soccer players

Sumário

1 INTRODUÇÃO, 13
1.1 O problema e sua importância, 13
1.2 Justificativa, 15
1.3 Objetivos, 16

2 REVISÃO DE LITERATURA, 17
2.1 Maturação biológica, 17
2.2 Testosterona, maturação e desempenho, 23
2.3 Desenvolvimento do peso e estatura na adolescência, 25
2.4 Desenvolvimento da força geral durante a adolescência, 30
2.5 Maturação biológica e identificação de talentos, 33
2.6 Seleção de talentos no futebol, 37
2.7 O Efeito da idade relativa no futebol, 39

3 MATERIAS E MÉTODOS, 45
3.1 Desenho experimental, 45
3.2 Amostra, 46
3.3 Avaliação da testosterona na saliva, 46
3.4 Medidas Antropométricas, 46
3.5 Estágio de desenvolvimento de pelos púbicos e genitália, 47
3.6 Teste de força de preensão manual, 47
3.7 Data de nascimento, 48
3.8 Análise estatística, 48

4 RESULTADOS, 49 

5 DISCUSSÃO, 53

6 CONCLUSÃO, 60

REFERÊNCIAS, 61

Referência

COSTA, Renato Alves da. A influência da maturação biológica e do efeito da idade relativa no processo de seleção de talentos de jovens jogadores de futebol. 2018. 68 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Escola de Artes, Ciências e Humanidades, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018.