A profissionalização das organizações do futebol

Autores

Diego Figueiredo

Subtítulo

um estudo de casos sobre a estratégia, estrutura e ambiente dos clubes brasileiros

Orientador

Antonio Luiz Marques

Banca

Luciano Zille Pereira, José Edson Lara

Faculdade / Instituição

Departamento De Ciências Administrativas, Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Minas Gerais

Tipo

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Administração

Ano

2011

Páginas

264

Cidade

Belo Horizonte

Resumo (pt)

Esta pesquisa analisa as mudanças ocorridas na estratégia, estrutura e ambiente organizacional de duas associações esportivas tradicionais do país, na tentativa de responder ao seguinte problema: Inseridos em um processo de mudanças, de que forma a estratégia, a estrutura e o ambiente do Cruzeiro e do Internacional foram modificados? Essas mudanças podem ser caracterizadas como um processo de profissionalização? Esta investigação fundamentou-se em um referencial teórico no qual as principais teorias sobre profissionalização, estratégia, estrutura e ambiente organizacional foram discutidas, baseadas em seus principais autores. No que se refere aos procedimentos metodológicos, foi realizada uma pesquisa qualitativa descritiva de caráter exploratório, cuja estratégia é um estudo de casos. Para a coleta de dados foram realizadas entrevistas semiestruturadas e uma pesquisa documental de dados primários e secundários. De um total de vinte e uma entrevistas, foram obtidas declarações e informações de funcionários e dirigentes voluntários e remunerados, detentores de cargos estratégicos, dentre os quais se destacam presidentes, vice-presidentes, diretores e superintendentes. Para a pesquisa documental e a análise da trajetória do Cruzeiro e Internacional foram utilizados dados disponibilizados pelos próprios clubes, assim como livros, revistas, jornais e materiais eletrônicos. Os principais resultados apontam para: o aumento da complexidade do ambiente do futebol e surgimento de novos fatores em seu campo; a intensificação da influência de fatores externos no funcionamento dos clubes; a transformação da lógica predominante no futebol; a centralização do poder na cúpula estratégica e a descentralização na linha intermediária e núcleo operacional; o aumento na racionalização dos seus processos e fluxo de trabalho; a departamentalização funcional; o aumento das contratações de profissionais remunerados e especializados; a utilização de tecnologia e sistemas informatizados; a formalização de cargos e tarefas; a utilização de métodos impessoais e lógicos como instrumentos para a tomada de decisão; e a adoção de planejamentos formais como institucionalização da estratégia. Constatou-se que houve profissionalização no processo de mudanças analisado, no que se refere à organização de forma geral, e não apenas nos cargos estratégicos. Esse processo ocasionou transformações nas atividades dos clubes e consequentemente em seus resultados. Tanto no Cruzeiro quanto no Internacional, a profissionalização é considerada benéfica, porém, as mudanças verificadas não significam que a modificação de clube para empresa seja o objetivo final em ambos os casos analisados, são apenas, um instrumento cuja finalidade é aprimorar seus desempenhos esportivos e econômico-financeiros.

Palavras-chave: Profissionalização. Futebol. Gestão Esportiva. Mudança Organizacional.

Abstract

This research analyses the changes occurred in the organizational strategy, structure and environment of two traditional sports associations in Brazil, in the attempt to answer the following question: Inserted in a change process, how have the strategy, structure and environment of Cruzeiro and Internacional been modified? Can these changes characterize a process of professionalization? The research was based on a theoretical framework in which the main theories of professionalization, organizational strategy, structure and environment were discussed, making use of its main authors. In the methodological procedures a qualitative descriptive and exploratory survey was conducted, whose strategy is a multiple case study. Semistructured interviews and a documentary research were conducted to collect primary and secondary data. Of a total of twenty-one interviews, statements and information were obtained from hired and volunteer board members and staff who hold strategic positions, among which stand out presidents, vice presidents, directors and superintendents. For the documentary research and the trajectory of Cruzeiro and Internacional, data provided from the clubs themselves, as well as books, magazines, journals, and electronic information were used. The main results show: the increasing complexity of the football´s environment and the emergence of new actors in it; the intensification of the influence of external actors in these clubs activities; the transformation on the prevailing logic of football; the centralization of power in the strategic apex and the decentralization in the middle line and operating core; the increase of rationalization in their processes and workflow; a functional departmentalization; the increased hiring of paid and specialized professionals; the use of technology and information systems; the formalization of tasks and job positions; the use of impersonal and rational methods as instruments of the decision making process; and the adoption of formal planning and institutionalization of the strategy. It was found that there was indeed professionalization in the change process analyzed, in regards to the organization in general, not only strategic job positions. This process resulted in the transformation of the clubs activities and therefore, it´s results also. Both in Cruzeiro and Internacional, the professionalization is seen as beneficial, however, the changes observed do not mean that the transition of the legal status of sports associations to a business company is an objective, but the achievement of better sports and economic-financial performance.

Keywords: Professionalization. Football. Sports Management. Organizational Change.

Sumário

1 INTRODUÇÃO, 14

2 REFERENCIAL TEÓRICO, 20
2.1 Estratégia, 20
2.2 Estrutura, 37
2.2.1 Conceito histórico e evolução, 37
2.2.2 Estrutura da estrutura, 40
2.2.3 Mecanismos de coordenação ou integração, 43
2.2.4 Mecanismos de divisão ou diferenciação, 48
2.2.5 Tipos de estrutura, 50
2.3 Ambiente, 53
2.3.1 Contexto e evolução histórica, 54
2.3.2 Fatores, dimensões e características do ambiente, 62
2.4 Profissionalização, 67
2.5 Considerações finais, 75

3 CONTEXTO E TRAJETÓRIA DO FUTEBOL, 77
3.1 A evolução do futebol no mundo, 77
3.2 A evolução do futebol no Brasil, 89

4 METODOLOGIA, 107
4.1 Abordagens e estratégia, 107
4.2 Tipo de pesquisa, 107
4.3 Universo e coleta de dados, 110
4.4 Tratamento de dados, 116

5 AMBIENTE ORGANIZACIONAL, 118
5.1 Principais fatores do ambiente, 118
5.2 Ambiente geral e específico, 128
5.3 Dinâmica dos fatores, 129
5.4 Dimensões e características ambientais, 151
5.5 Considerações finais, 135

6 CRUZEIRO ESPORTE CLUBE, 137
6.1 Trajetória, 137
6.2 Caracterização da organização, 143
6.3 Estrutura, 146
6.3.1 Principais mudanças, 151
6.4 Estratégia, 165
6.4.1 Principais mudanças, 173
6.5 Considerações finais, 176

7 SPORT CLUB INTERNACIONAL, 182
7.1 Trajetória, 182
7.2 Caracterização da organização, 189
7.3 Estrutura, 192
7.3.1 Principais mudanças, 199
7.3.2 Nova estrutura, 211
7.4 Estratégia, 213
7.4.1 Principais mudanças, 222
7.5 Considerações finais, 226

8 CONSIDERAÇÕES FINAIS, 232

Referência

FIGUEIREDO, Diego. A profissionalização das organizações do futebol: um estudo de casos sobre a estratégia, estrutura e ambiente dos clubes brasileiros. 2011. 264 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Departamento De Ciências Administrativas, Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2011.