A Religiosidade no Futebol Profissional Paulista e a Sociedade de Risco

Autores

Clodoaldo Gonçalves Leme

Tipo de evento

Seminário

Nome do evento

Psicologia Social

Nome do congresso

III Seminário Nacional de Pesquisa

Cidade

São Paulo

Ano

2009

Páginas

p.111-118

Resumo (pt)

Buscou-se investigar, por meio deste trabalho, as manifestações de religiosidade no futebol profissional paulista. Neste universo de pesquisa, escolhemos cinco equipes que disputam a primeira divisão do campeonato estadual. Os principais motivos da escolha foram os seguintes: o grande espaço que os meios de comunicação lhes ofere­cem; por serem de “massa” ou “emergentes”; e também por serem o “objeto do desejo” de muitos atletas iniciantes e mesmo de profissionais consagrados do futebol. Para entender a grande presença da religião e da religiosidade nos gramados brasileiros em tempos recentes, procurou-se trabalhar em duas linhas, uma de caráter teórico-bibliográfico, e a outra, empírico. Para compreender o porquê das manifestações de religiosidade no futebol, empregamos a teoria da Sociedade de Risco, de Ulrich Beck, e elementos da Sociedade do Espetáculo, de Guy Debord (1997), essenciais em nosso construto. A aproximação das teorias risco/espetáculo em relação à realidade brasi­leira e, principalmente, ao “esporte das multidões”, em conjunto com a pesquisa de campo (realizada com vinte personagens do futebol), permitiram-nos concluir que o risco é um dos grandes motivadores das manifestações de religiosidade no futebol.

Abstract

Our research was focused on analyzing religious manifestations in the professional soccer league, in the state of São Paulo. We have chosen five teams that compete on the first division league. The main reasons for choosing these five teams were: they receive massive exposition on mass media; they have a great number of fans and/ or they are emerging teams; they are the “desire’s object” of begginers and mature professional soccer players. In order to understand the great presence of religion and religiosity in the Brazilian soccer in the past few years we worked in two different ways: theoretical-bibliographical and empirical. To provide a better comprehension about the reasons of why it’s possible to observe so many religious manifestations in soccer environment, we use the theory of Risk Society, by Ulrich Beck, and elements of Society of the Spectacle, by Guy Debord (1997), which was essential for this study. The approach of the two theories, Risk and Spectacle, to the Brazilian reality and mainly to the “massive sports”, in connection with the research field (with a sample of 20 soccer professionals), allowed us to conclude that the associated risk is on of the main motivation to the manifestations of soccer religiosity.

Referência

LEME, Clodoaldo Gonçalves. A Religiosidade no Futebol Profissional Paulista e a Sociedade de Risco. 2009, São Paulo. III Seminário Nacional de Pesquisa. Seminário2009.