As Delinquências do Imperador: os percursos urbanos do jogador Adriano em tempos de “pacificação” do Rio de Janeiro

Autores

Kleber Santos de Mendonça

Periódico / Revista

Em Questão

Cidade

Porto Alegre

Volume

v. 18

Número

n. 1

Páginas

p. 213-228

Ano

2012

Resumo (pt)

A partir de textos publicados pelos jornais O Globo e Extra sobre o jogador de futebol Adriano, o presente artigo se dedica a mapear a relação entre discursos jornalísticos sobre a cidade, a percepção da violência nesses espaços e as possibilidades de emergência de outros percursos neste cenário. Trata-se de uma proposta de olhar analítico que permita pensar o papel dos discursos midiáticos nas várias formas como os sujeitos constroem suas apreensões simbólicas acerca da cidade. Para tanto, recorremos, entre outras, às perspectivas teóricas de Jeudy (2005), Sarlo (2009) e Certeau (1990) – acerca das relações entre discurso e espacialidade – e evidenciamos de que forma a confusa e polêmica trajetória do jogador de futebol Adriano em aglomerados de exclusão (HAESBAERT, 2004) do Rio de Janeiro revela, também, o papel simbólico que a instância jornalística desempenha neste momento.

PALAVRAS-CHAVE: Cidade. Violência urbana. Jornalismo impresso. Comunicação e discurso. Pacificação.

Abstract

From articles published in the newspapers O Globo and Extra, which have as character the soccer player Adriano, this paper is dedicated to mapping the relationship between journalistic discourses about the city, the perception of violence in these spaces for their inhabitants and the possibilities of emergence of other- routes in this scenario. It is a proposal for thinking about the role of media discourses about the many ways in which individuals construct their symbolic concerns about the city. To this end, the work uses, among others, the theoretical perspectives proposed by Jeudy (2005), Sarlo (2009) and Certeau (1990) – about the relationship between speech and spatiality – and takes as its background the confusing and controversial career of soccer player Adriano by clusters of exclusion (Haesbaert, 2004) of Rio de Janeiro.

KEYWORDS: City. Urban violence. Press journalism. Discourse and communication. Pacification.

Resumo (outro idioma)

Desde artículos publicados en los periodicos O Globo y Extra, que tienen como protagonista el futbolista Adriano, este trabajo está dedicado a la cartografía de la relación entre los discursos periodísticos sobre la ciudad, la percepción de la violencia en estos espacios para sus habitantes y y las posibilidades de aparición de ‘rutas-otras’ en este escenario. Se trata de una propuesta para reflexionar sobre el papel de los discursos de los medios de comunicación sobre las muchas maneras en que los individuos construyen sus preocupaciones simbólicas acerca la ciudad. Con este fin, la obra utiliza, entre otras, las perspectivas teóricas propuestas por Jeudy (2005), Sarlo (2009) y Certeau (1990) – acerca la relación entre el discurso y la espacialidad -, y tiene como telón de fondo la trayectoria incierto y polémico del futbolista Adriano por entre los grupos de exclusión (Haesbaert, 2004), de Río de Janeiro.

PALABRAS CLAVE: Ciudad. Violencia urbana. Análisis del discurs. Periodismo. Pacificación.

Referência

MENDONçA, Kleber Santos de. As Delinquências do Imperador: os percursos urbanos do jogador Adriano em tempos de “pacificação” do Rio de Janeiro. Em Questão. Porto Alegre, v. 18, n. 1, p. 213-228, 2012.