As mulheres nos esportes olímpicos: olhares da imprensa carioca (1920-1935)

Autores

Fausto Amaro Ribeiro Picoreli Montanha

Periódico / Revista

FuLiA / UFMG

Cidade

Belo Horizonte

Volume

v. 4

Número

n. 3

Páginas

p. 172-192

Ano

2019

Tema

Dossiê Futebol e política: transculturação e transformação no mundo da língua portuguesa

ISSN

2526-4494

Resumo (pt)

Neste artigo, investigo as narrativas da imprensa carioca sobre a participação feminina no campo esportivo, mais especificamente nos esportes olímpicos entre os anos de 1920 e 1935. Trata-se de um recorte de pesquisa mais ampla, que investigou o campo olímpico carioca entre os anos de 1890 e 1935. Com base na análise de jornais e revistas cariocas desse período (1920-1935), busco situar a representação do feminino e a postura dos jornalistas e outros atores diante de uma presença cada vez maior de mulheres na esfera do esporte. Como conclusão, pude verificar que a abordagem temática no esporte (graça, beleza, maternidade) não diferia do que era esperado socialmente da mulher à época. Jornalistas e dirigentes esportivos se opunham explicitamente aos avanços femininos no esporte e acionavam argumentos pseudocientíficos baseados na tradição para justificar seus posicionamentos.

PALAVRAS-CHAVE: Esporte; Mulher; Narrativas; Imprensa; Jogos Olímpicos

Abstract

In this article, I investigate the narratives of the press from Rio de Janeiro about the female participation in the sports field, more specifically in Olympic sports between 1920 and 1935. It is a piece of a broader research that investigated the Rio Olympic field between the years of 1890 and 1935. Based on the analysis of Rio de Janeiro newspapers and magazines of this period (1920- 1935), I seek to situate the representation of the feminine and the posture of journalists and other actors faced with an increasing presence of women in the sphere of sport. As a conclusion, I could verify that the thematic approach in sport (grace, beauty, maternity) did not differ from what was expected socially from women at the time. Journalists and sports officials were explicitly opposed to women’s advances in sports and triggered pseudo-scientific and tradition-based arguments to justify their positions.

KEYWORDS: Sport; Woman; Narratives; Press; Olympic Games.

Referência

MONTANHA, Fausto Amaro Ribeiro Picoreli. As mulheres nos esportes olímpicos: olhares da imprensa carioca (1920-1935). FuLiA / UFMG. Belo Horizonte, v. 4, n. 3, p. 172-192, 2019.