As raízes do país do futebol

Autores

Fábio Franzini

Subtítulo

estudo sobre a relação entre o futebol e a nacionalidade brasileira (1919-1950)

Orientador

Nicolau Sevcenko

Banca

Elias Tome Saliba, Leonardo Affonso de Miranda Pereira

Faculdade / Instituição

Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo

Tipo

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em História

Ano

2000

Páginas

144

Cidade

São Paulo

Resumo (pt)

Este trabalho tem por principal objetivo verificar o processo histórico que transformou o futebol, esporte de origem inglesa, em elemento de destaque na elaboração de uma identidade nacional brasileira, elaboração estaque se desenvolve não só a partir de práticas sócio-culturais, mas também através de projetos político-ideológicos. A análise concentra-se no eixo Rio de Janeiro-São Paulo, centro político-econômico do país e onde surgiram os principais jogadores, clubes, associações e campeonatos futebolísticos que ganharam projeção nacional. O período enfocado vai de 1919 a 1950, época que assistiu tanto à explosão de popularidade do futebol quanto, no contexto mais amplo, a um imenso debate político e intelectual acerca da questão nacional. O trabalho assim, não se prende apenas à dinâmica específica do futebol, mas busca articulá-la às mudanças estruturais que marcam a sociedade brasileira durante o período estudado.

Referência

FRANZINI, Fábio. As raízes do país do futebol: estudo sobre a relação entre o futebol e a nacionalidade brasileira (1919-1950). 2000. 144 f. Dissertação (Mestrado em História) - Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.