As relações étnico-raciais e o futebol do Rio de Janeiro

Autores

José Jairo Vieira

Subtítulo

mitos, discriminação e mobilidade social

Editora

Mauad

Cidade

Rio de Janeiro

Páginas

184

Ano

2017

ISBN

9788574787480

Sinopse

Com o objetivo central de analisar as implicações da presença do negro no futebol brasileiro, a partir do caso do Rio de Janeiro, esta obra estuda vários aspectos, enfocando principalmente três questões: o processo de crescimento, globalização e profissionalização do futebol; o mito social da ausência de discriminação e desigualdade racial no futebol; e, por fim, outro mito social de que no futebol os negros teriam mais possibilidades de terem mobilidade social. Originalmente, este livro resulta da tese de doutoramento em Sociologia desenvolvida em 2001, no antigo Iuperj, sob a orientação de Carlos Hasenbalg. Tese vista como um marco nos estudos de relações étnico-raciais e esporte no Brasil e na América Latina, quer seja pelo seu pioneirismo com relação a sua metodologia, dados produzidos e analisados referentes ao futebol, quer seja pela sua abordagem. A revisita a este estudo demonstra que, apesar do tempo decorrido, suas reflexões, análises e abordagem da temática das relações étnico-raciais no esporte, e, sobretudo no futebol do Rio de Janeiro, continuam atuais e sendo utilizadas como referência por outros pesquisadores.

Referência

VIEIRA, José Jairo. As relações étnico-raciais e o futebol do Rio de Janeiro: mitos, discriminação e mobilidade social. Rio de Janeiro: Mauad, 2017.