As relações jocosas futebolísticas. Futebol, sociabilidade e conflito no Brasil

Autores

Édison Gastaldo

Periódico / Revista

Mana

Cidade

Rio de Janeiro

Volume

v. 16

Número

n. 2

Páginas

p. 311-325

Ano

2010

ISSN

0104-9313

Resumo (pt)

Este artigo apresenta, a partir de dados de pesquisa etnográfica em bares onde se assiste coletivamente a partidas de futebol no Rio de Janeiro, elementos para uma teoria das “relações jocosas futebolísticas”. A noção de “relação jocosa” (joking relationship) é bastante conhecida na teoria antropológica pelo clássico artigo de Marcel Mauss (1926), “As relações jocosas de parentesco”, embora a origem desta noção esteja em obras anteriores de Robert Lowie e Radcliffe-Brown. No caso deste artigo, trata-se de relacionar o tema da expressão lúdica de sentimentos ao universo simbólico das práticas e consumos futebolísticos no Brasil. A adesão voluntária a um “clube do coração”, no Brasil, permite a participação em uma série de “jogos” associados ao futebol, mas paralelos a este, como apostas, desafios e duelos verbais, em que se desenrolam lógicas simbólicas de honra, gênero e poder na sociedade brasileira.

Palavras-chave: Futebol, Sociabilidade, Conflito, Relação Jocosa.

Abstract

This paper presents ethnographic data obtained during the author’s fieldwork in sports bars in Rio de Janeiro, Brazil, providing the basis for a theory of ‘football joking relationships.’ The notion of the ‘joking relationship’ is well-known to anthropological theory, due in particular to the classic article ‘Parentés à plaisanteries’ by Marcel Mauss, published in 1926, though its origins can be traced back to earlier works by authors such as Robert Lowie and A. R. Radcliffe-Brown. This paper connects the playful expression of feelings to the symbolic universe of football in Brazilian society. Voluntary support for a favourite club enables the fan to take part in a series of ‘games’ associated with football, but parallel to it, such as betting, verbal duels and challenges, which involve the symbolic logics of honour, gender and power endemic to Brazilian society.

Key words: Football (Soccer), Sociability, Conflict, Joking relationship.

Referência

GASTALDO, Édison. As relações jocosas futebolísticas. Futebol, sociabilidade e conflito no Brasil. Mana. Rio de Janeiro, v. 16, n. 2, p. 311-325, 2010.