Aspectos socioculturais do futebolista

Autores

Walter Gama

Subtítulo

o caso do Estado de São Paulo

Orientador

Waldenyr Caldas

Banca

Afonso Antônio Machado, Dilma de Melo Silva, Tupã Gomes Corrêa, Vera Lúcia Simões da Silva

Faculdade / Instituição

Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo

Tipo

Tese

Área de concentração

Doutorado em Ciências da Comunicação

Ano

1995

Páginas

131

Cidade

São Paulo

Resumo (pt)

Este estudo teve como objetivo principal, investigar aspectos socioculturais da vida do jogador de futebol profissional da 1ª Divisão do Estado de São Paulo. No decorrer da investigação pretendeu-se levantar subsídios para melhor compreensão deste sujeito que utiliza do futebol como meio de profissional. Metodologicamente o assunto foi dividido em sua primeira parte, numa abordagem dialética do amplo contexto que é o futebol e das consequências que implica a sua execução. Com uma coleta de dados realiza num período de 5 (cinco) anos, através de um questionário composto de 34 perguntas, tendo um n=529 jogadores. Os dados coletados foram submetidos a uma análise descritiva que permite afirmar que, estes jogadores analisados sõa na mairoia, de cor branca; têm, em média, 24 anos; residem com seus familiares, que são os grandes responsáveis pela segmentação de suas carreiras fubelolísticas; exercem a profissão a mis de 5 anos inciaram nas categorias de base dos clubes em sua maioria; estão neste esporte por prazer; possuem nível de escolaridade razoável para bom em relação à realidade da sociedade brasileira. Quanto ao nível salarial, os valores encontrados sofreram acréscimos quando comparados com os valores de 1989, subindo de 4,5 salários para 9,5 salários pelos sujeitos resumem-se em deslocamento de cas ao trabalho, concentrações, jogos e treinamentos o que sugere alta exigência física e psicologia. Conclui-se que esta profissão permitiu uma evolução social para aqueles que a praticam. A sociedade brasileira vem reconhecendo que esta profissão pod-se ser desenvolvida como qualquer outra.

 

Sumário

1. Introdução, 2

2. Reivsão da literatura, 6
2.1 Futebol, 6
2.2 Futebol e sociedade, 9
2.2.1 O futebol enquanto relevância social, 11
2.2.2 O Estado tenta legitimar o futebol como aparelho ideológico, 13
2.3 Futebol e cultura, 17
2.4 Razão máxima do jogo de futebol: o jogador, 23

3. Objetivo, 31

4. Pressupostos básicos, 32

5. Limitações do estudo, 34

6. Justificativa, 35

7. Metodologia, 37
7.1 Delimitação do estudo, 37
7.1.1 Descrição da população, 37
7.1.2 Amostra, 38
7.3 Coleta de dados, 39
7.4 Descrição do instrumento (questionário), 40

8. Resultados, 42
8.1 Resultados obtidos no questionário, 42
8.2 Resultados das entrevistas, 73

9. Discussão, 83

10. Conclusão, 93

11. Considerações finais, 96

12. Referências bibliográficas, 103

Anexos, 108

Referência

GAMA, Walter. Aspectos socioculturais do futebolista: o caso do Estado de São Paulo. 1995. 131 f. Tese (Doutorado em Ciências da Comunicação) - Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1995.