Bola na rede e o povo nas ruas! Estado novo, imprensa esportiva e torcedores na Copa do Mundo de 1938: o futebol construindo a “nação”

Autores

Felipe Morelli Machado

Periódico / Revista

Recorde: Revista de História do Esporte

Volume

v.4

Número

n.1

Área de concentração

História

ISSN

19828985

Resumo (pt)

Este artigo analisa a Copa do Mundo de futebol disputada em junho de 1938 na França, entendida como momento emblemático para a compreensão das negociações, conflitos e tensões sociais que permearam a construção da “nação” a partir do envolvimento de figuras proeminentes do Estado Novo, imprensa esportiva e torcedores com a campanha do selecionado brasileiro. Trata-se de um episódio esportivo de grande repercussão na vida nacional e cuja mobilização em torno da seleção revela concepções distintas a despeito do “Brasil” que se fazia representar em campos franceses. Mais do que um elemento promotor de unidade, capaz de congregar – na mesma torcida -, grupos sociais antagônicos e irmanar – sob uma mesma paixão – indivíduos dos mais diferentes perfis sócio-culturais, o futebol emerge neste episódio como espaço de disputas, desavenças e rivalidades que se encontram na base da edificação do sentimento nacional e da afirmação de um “estilo brasileiro” de jogar bola.

Abstract

This article analyses the Football World Cup disputed in June of 1938 in France, perceived as an emblematic moment for the understanding of the negotiations, conflicts and social tension, which permeated the construction of the “nation”, after the involvement of relevant persons from the New State, sports press and supporters, with the Brazilian team campaign. It is about a sports episode of great repercussion on the national life and whose mobilization, around the Brazilian football team, reveals distinct conceptions, despite the “Brazil” that was represented in the French fields. More than a forwarder of unity, capable of congregating among the same supporters antagonistic social groups, and join in fellowship – under the same passion – individuals from the most varied social cultural profiles, in this episode, football arises as a quarreling space, with disagreements and rivalries, which are found in the construction base of the national feeling and the affirmation of a “Brazilian style” of playing football.
 

Observações

Link para o site da revista: www.sport.ifcs.ufrj.br/recorde/home.asp

Referência

MACHADO, Felipe Morelli. Bola na rede e o povo nas ruas! Estado novo, imprensa esportiva e torcedores na Copa do Mundo de 1938: o futebol construindo a “nação”. Recorde: Revista de História do Esporte. Rio de Janeiro, v.4, n.1, 2010.