Campos, festas e pedreiras: narrativas varzeanas das periferias de São Paulo (SP)

Autores

Enrico Spaggiari

Periódico / Revista

Mosaico

Cidade

Rio de Janeiro

Volume

v. 9

Número

n. 14

Páginas

p. 321-337

Ano

2018

ISSN

2176-8943

Resumo (pt)

Nesse artigo, a questão temporal se revela fundamental para compreender os sentidos que o futebol varzeano desperta nas memórias dos moradores de um bairro periférico da cidade de São Paulo. As narrativas revelam uma contínua reelaboração das percepções de um passado rememorado – do que “era” o futebol de várzea – frente às vivências e transformações do presente. Construídas por diversos atores vinculados ao futebol varzeano, em ritmos temporais marcados por rupturas e lacunas, tais depoimentos e memórias escudam a proposta de uma etnografia da duração, que articula a rememoração de eventos e percepções do passado às reflexões e experiências vividas pelos citadinos no presente, no tempo da interação etnográfica, para impulsionar a compreensão de narrativas biográficas e processos sociais.

Palavras-chave: Futebol de várzea, Etnografia, Narrativa.

Abstract

In this article, the temporal issue is crucial to understand the meanings that amateur football awakens in the memories of residents of a São Paulo’s peripheries. The narratives reveals a continuous reworking of the perceptions of a past recollected – of than “was” the amateur football – in the face of experiences and present transformations. Built by different actors linked to amateur football, in temporal rhythms marked by breaks and loopholes, such testimonies and memories underpin the proposal for an ethnography of duration, which articulates the recollection of events and perceptions of the past with the reflections and experiences of the townspeople in the present, the time of ethnographic interaction, to boost understanding of biographical narratives and social processes.

Key words: Amateur football, Etnography, Narrative.

Referência

SPAGGIARI, Enrico. Campos, festas e pedreiras: narrativas varzeanas das periferias de São Paulo (SP). Mosaico. Rio de Janeiro, v. 9, n. 14, p. 321-337, 2018.