Características de torcedores infratores de torcidas organizadas no contexto futebolístico

Autores

Luiz Eduardo Canto de Azevedo Bueno

Orientador

Gabriela Reyes Ormeno

Banca

Maria da Graça Saldanha Padilha, André Giamberardino

Faculdade / Instituição

Universidade Tuiuti do Paraná

Tipo

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Psicologia

Ano

2017

Páginas

90

Cidade

Curitiba

Resumo (pt)

A violência entre torcedores no contexto futebolístico é uma realidade no Brasil e em várias partes do mundo. Este trabalho almeja descrever as características dos torcedores infratores componentes das torcidas organizadas dos três principais times de futebol da cidade de Curitiba. Com fulcro em dados extraídos de termos circunstanciados, inquéritos policiais e flagrantes delitos abertos pela Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos, em Curitiba, nos anos de 2013 a 2015, perfazendo-se neste período a totalidade de 153 infrações penais, divididas em 99 termos circunstanciados, 54 inquéritos policiais e nenhum flagrante delito buscou-se por meio dessa documentação, na própria residência do pesquisador, captar quem seriam esses torcedores infratores, utilizando dados sociodemográficos, como idade, sexo, renda, escolaridade e se eles também possuem antecedentes criminais e se são componentes de torcidas organizadas. Compilados esses dados, concluiu-se, entre outros aspectos, que os jovens foram os que mais se envolveram nos delitos,
idade média de 26,52 anos, desvio padrão de 8,01 anos, a quase totalidade foi do sexo masculino, correspondente a 98,7%, a renda dessas pessoas, em geral, não ultrapassou 02 salários mínimos e das infrações cometidas provindas de termos circunstanciados 29,63% são membros de torcidas organizadas e daqueles delitos oriundos de inquéritos policiais 70,37% são componentes de organizadas, levando o pesquisador a refletir que esses dados são sugestivos que os infratores são jovens que buscam inserir-se em grupos, na ânsia do pertencimento, são possuidores de condições socioeconômicas e culturais de pouca expressividade, que os crimes mais graves são cometidos mais por torcedores de organizadas e os crimes mais leves são perpetrados mais por torcedores comuns, e que essas situações e outras elencadas no trabalho são alguns dos indicadores para a violência no âmbito futebolístico. Recomendou-se alguns caminhos para a redução da violência, entre eles a punição dos infratores culpados, sugerindo medidas alternativas, como o comparecimento a órgãos de segurança nos dias de jogos, quando deverá, neste período, haver uma abordagem psicológica para esses torcedores; a prevenção junto a líderes e torcedores de organizadas com o propósito de trabalhar a cultura da paz.

Palavras-chave: Futebol; torcedores infratores; violência; torcida organizada.

Abstract

Violence among fans in the footballing context is a reality in Brazil as well as in various parts of the world. This work aims to describe the profile of the offenders, members of the main football teams fan clubs, in the city of Curitiba. With a focus on data extracted from detailed terms, police investigations and flagrant crimes opened by the Mobile Police Station of Attendance to Football and Events in Curitiba, from 2013 to 2015, a total of 153 criminal offences were found – 99 detailed terms, 54 police investigations and no flagrant crime. It was sought by means of this documentation to find out who these offenders would be by using sociodemographic data, such as age, sex, income, schooling and if they also have criminal records as well as if they are members of fan clubs. After compiling these data, it was concluded, among other aspects, that young people were the ones most involved in the crimes, the average age being 26-52 and the standard deviation 8.01. Almost all of them were males (98.7%) and their income, in general, did not exceed two minimum wages. The circunstancial infractions were committed by football fans (29.63%) and the ones deriving from police investigations (70.37%) by members of associations of football fans. The researcher thought all this over and came to the conclusion that these data suggest that the offenders are young
people who seek to be part of a group, in a yarning for “belonging”, they come from a cultural and socioeconomic condition of little expressiveness , the most serious crimes are committed by members of associations of football fans and the lighter ones by ordinary fans. All these conditions together are some of the indicators for the violence in the soccer scope. Some ways to reduce violence were recommended, including punishing guilty offenders, alternative measures, attendance to security bodies on game days, when there should be a psychological approach to such fans in this period, working with leaders and fans of fan clubs with the purpose of working the culture of peace.

Keywords: Soccer; offenders; violence; association of football fans

Sumário

1. APRESENTAÇÃO, 13
1.1. O futebol e suas emoções, 14
1.2. A violência, 16
1.3. A Abordagem da teoria da Análise do Comportamento em relação às posturas violentas, 20
1.4. A violência: Concepção genética e ambiental, 23
1.5. Comportamento grupal, 27
1.6. Torcedor de futebol e violência, 29
1.7. Torcida organizada e violência, 32
1.8. Incidentes recentes, 41
1.9. Torcida organizada em outros países, 43
1.10. Sugestões de estudiosos para diminuir a violência, 46

2. OBJETIVOS, 50
2.1. Objetivo Geral, 50
2.1.1. Objetivos Específicos, 50

3. MÉTODO, 51
3.1. Participantes, 51
3.2. Procedimento, 51
3.3. Análise de dados, 51

4. RESULTADOS, 53
4.1. Qualificação do processo, 53
4.2. Dados sociodemográficos, 54
4.2.1. Idade, 54
4.2.2. Idade e antecedentes criminais, 55
4.2.3. Sexo, 56
4.2.4. Renda, 57
4.2.5. Grau de instrução, 58
4.2.6. Antecedentes criminais, 59
4.2.7. Torcida organizada, 60

5. DISCUSSÃO, 64
5.1. Idade, 64
5.2. Sexo, 68
5.3. Renda,  69
5.4. Grau de instrução, 70
5.5. Antecedentes criminais, 72
5.6. Torcedores infratores e torcida organizada, 73

6. CONSIDERAÇÕES FINAIS, 75
6.1. Propostas para reflexões futuras, 77

7. REFERÊNCIAS, 84

Referência

BUENO, Luiz Eduardo Canto de Azevedo. Características de torcedores infratores de torcidas organizadas no contexto futebolístico. 2017. 90 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Universidade Tuiuti do Paraná, Curitiba, 2017.