Competências do treinador de jovens

Autores

André Teixeira Sapata

Subtítulo

estudo de treinadores das equipas de futebol de formação do concelho de Viseu

Orientador

Maria Teresa Mateus Oliveira

Faculdade / Instituição

Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Educação de Viseu

Tipo

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Desporto e Atividade Física

Ano

2013

Páginas

405

Cidade

Viseu

Resumo (pt)

O Futebol assume extrema importância na sociedade atual. O elevado número de praticantes, de espetadores e a atenção que desperta no público em geral e nos diversos órgãos de comunicação social, garantiu-lhe um forte impacto na sociedade. Esta dimensão universal exigiu, por parte dos seus profissionais, reflexões profundas e novas abordagens em relação ao processo de treino. Parece-nos que não existem formas mais ou menos corretas de pensar o Futebol, mas todas elas devem focar a sua atenção no desenvolvimento do jogo e do praticante. No presente relatório pretendemos abordar a nossa forma de ver e pensar o jogo e o treino no Futebol, assente na aplicação dos conhecimentos adquiridos ao longo de toda a formação académica e da experiência como treinador de futebol, evidenciando os princípios e as estratégias inerentes à operacionalização do processo de treino e intervenção pedagógica como treinador do escalão Iniciados A da ACRCCD “O CRASTO” na época desportiva 2011/12. O contexto que envolve o jogo do futebol, o seu enquadramento institucional e a sua abordagem multifatorial, evidenciando a preponderância do contexto tático no futebol e na melhoria da tomada de decisão do atleta, foram alguns dos conteúdos abordados. A identificação com uma metodologia de treino especifica – Periodização Tática, e o reconhecimento da importância do Modelo de Jogo e da qualidade de intervenção do treinador foram aspetos realçados na revisão da literatura e pontos fundamentais que sustentaram a intervenção prática como treinador. Para isso, tivemos presente a necessidade de construção de um Modelo de Jogo, que define os princípios do “jogar” que pretendemos e que serviu de guia de todo o processo de treino, e a importância da intervenção pedagógica do treinador nesse processo de desenvolvimento. Posto isto, este documento apresenta todo o conteúdo relacionado com esse processo de planeamento, operacionalização e condução do processo de treino e relaciona alguns princípios que para nós assumiram particular importância em todo este processo de ensino/aprendizagem com vista ao desenvolvimento desportivo e social do atleta. O papel do treinador no desenvolvimento destas duas vertentes, pressupõe que este possua um conjunto de conhecimentos e competências diversificadas que III André Teixeira Sapata permitam orientar e melhorar este processo. Neste sentido, apresentamos um estudo que carateriza os treinadores das camadas jovens dos clubes do concelho de Viseu e a valorização dada por estes em relação ao perfil de competências de um treinador de jovens.

Palavras-chave: Futebol, Periodização Tática, Treino, Competências Treinador, Jovens.

Abstract

Football is of utmost importance in today’s society. The high number of participants, spectators and the attention drawing from the general public and media, assured him a strong impact on society. This universal dimension demanded from their professionals deep thinking and new approaches to the training process. We think that there are no better or worse ways of thinking about football, but they all should focus its attention on the development of the game and the practitioner. In this report, we intend to address the way we see and think about the game and the training of football, based on applying the knowledge acquired throughout the academic formation and experience as a football coach, highlighting the principles and strategies inherent to the operation of the training process and pedagogical intervention as coach of a youth team (aged between 14-15) from ACRCCD “The CRASTO” during the sports season 2011/12. The context surrounding the game of football, its institutional framework and its multifactorial approach, showing the preponderance of tactical context in football and improving the decision-making athlete, were some of the subjects covered. The identification with a specific training methodology – Tactical Periodization, and the recognition of the importance of the model set and the quality of the coach intervention, were highlighted aspects in the literature review and key points that supported the interventions practiced as coach. For this, we were aware of the need of building a game model set, defining the principles of “play” that we want and that served as a guide throughout the training process, and the importance of pedagogical intervention of the coach in this development process. That said, this document presents all the content related to the process of planning, operation and conduct of the training process and lists some principles that were of particular importance to us in all this process of teaching / learning the sports and social development of the Athlete. The role of the coach in the development of these two aspects, assumes that it possesses a set of diversified skills and knowledge that V André Teixeira Sapata could enable and drive this process. In this sense, we present a study featuring coaches from the youth clubs in the municipality of Viseu and the appraisal given by them to the competence profile of a youth coach.

Keywords: Football, Tactical Periodization, Training, Skills, Coach, Youth

Sumário

Introdução, 5

1. Natureza Contextual do Jogo de Futebol em Portugal, 7

2. Enquadramento Institucional do Futebol, 8

3. Contextualização do Futebol enquanto Jogo Desportivo Coletivo, 13

4. Futebol, um jogo tático complexo, 15

5. Fatores de Treino, 18
5.1. Fator de Treino Técnica, 19
5.2. Fator de Treino Teórico, 21
5.3. Fator de Treino Físico, 22
5.4. Fator de Treino Psicológico, 24
5.5. Fator de Treino Tático no Futebol, 26
5.5.1. Ação Tática no Desporto, 30
5.5.2. Organização de Jogo, um princípio para a melhoria da tomada de decisão, 35
5.5.3. Periodização Tática, 38
5.5.4. Tomada de Decisão, 39

6. O jogo como matéria de ensino, 43
6.1. Modelo de Ensino para a Compreensão – TGFU, 45

7. Época Desportiva 2011/12 – Iniciados A da “O CRASTO”, 50
7.1. Planeamento da Época Desportiva, 50
7.1.1. História da Instituição, 52
7.1.2. Condições logísticas, 54
7.1.3. Objetivos do Processo de Treino – Época 2011/12, 54
7.1.3.1. Objetivos Formativos/Teóricos, 55
7.1.3.2. Objetivos Tático-Técnicos, 55
7.1.3.3. Objetivos Competitivos, 57
7.1.3.4. Objetivos Psicológicos, 58
7.1.3.5. Objetivos Físicos, 58
7.1.3.6. Objetivos do Treino de Guarda-Redes, 59
7.1.4. A Equipa de Iniciados A, 59
7.1.5. Periodização da Época Desportiva, 61
7.1.6. Metodologia de Treino – Periodização Tática e sua operacionalização, 65
7.1.6.1. “Construção” de um Modelo de Jogo para a equipa, 67
7.1.6.2. Estruturação de um Microciclo-Tipo de Treino, 67
7.1.6.3. Aquisição de Comportamentos Táticos inerentes a uma forma de jogar concreta, 69
7.1.6.4. Princípios Metodológicos como Especificidade, Alternância
Horizontal, Progressão Complexa e Propensões, 70
7.1.6.5. A Recuperação sempre contextualizada no processo de treino, 72
7.1.6.6. Exercícios realizados sempre à Intensidade Máxima Relativa, 74

8. Avaliação da Época Desportiva 2011/12, 76
8.1. Avaliação individual final dos atletas, 76
8.2. Análise coletiva referente aos objetivos do processo de treino, 77
8.3. Análise coletiva referente à aquisição dos princípios de jogo do Modelo de Jogo construído, 80
8.3.1. Sistema de Jogo, 80
8.3.2. Organização Defensiva, 81
8.3.3. Organização Ofensiva, 82
8.3.4. Transições Defesa – Ataque, 84
8.3.5. Transições Ataque – Defesa, 85
8.3.6. Bolas Paradas, 86
8.4. Análise referente à organização/recursos do clube, 87
8.5. Análise da intervenção pedagógica enquanto treinador, 89
8.5.1. Instrução, 91
8.5.2. Feedback Pedagógico, 93
8.5.3. Dimensão Gestão, 94

Reflexão Conclusiva, 97

Bibliografia, 99

Referência

SAPATA, André Teixeira. Competências do treinador de jovens: estudo de treinadores das equipas de futebol de formação do concelho de Viseu. 2013. 405 f. Dissertação (Mestrado em Desporto e Atividade Física) - Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Educação de Viseu, Viseu, 2013.