Copa do Mundo, manifestações e a ocupação do espaço público

Autores

Luiza Aguiar dos Anjos, Marina de Mattos Dantas, Thiago José Silva Santana

Periódico / Revista

Motrivivência

Volume

v. 25

Número

n. 41

Páginas

p.13-26

Área de concentração

Educação Física

ISSN

2175-8042

Resumo (pt)

Desde o anúncio do Brasil como sede da Copa do Mundo da FIFA 2014, movimentos sociais se organizaram para denunciar e questionar decisões e arbitrariedades acerca de seus preparativos. Durante a Copa das Confederações de 2013, uma série de manifestações, marcada pela diversidade de seus participantes e de suas reivindicações, ficaram conhecidas como jornadas de junho. Esse artigo traz uma análise de tais acontecimentos focando em questões relativas à ocupação do espaço público, problematizando, ainda, a relação dos movimentos com a organização dos megaeventos esportivos a serem realizados em nosso país.

Abstract

Since the announcement of Brazil to host the FIFA World Cup in 2014, social movements organized themselves to denounce and question decisions and arbitrariness about their preparations. During the Confederations Cup of 2013, a series of manifestations marked by the diversity of its participants and their demands became known as the June Journeys. This article presents an analysis of such events focusing on matters relates to the occupation of the public space, problematizing, later, the relation of the movements and the mega sports events in question.

Referência

ANJOS, Luiza Aguiar dos; DANTAS, Marina de Mattos; SANTANA, Thiago José Silva. Copa do Mundo, manifestações e a ocupação do espaço público. Motrivivência. Florianópolis, v. 25, n. 41, p.13-26, 2013.