Corinthians (2) vs Palestra (1) e Gaetaninho: posições interpretativas do futebol nos contos do corinthiana Antônio de Alcântara Machado

Autores

Luis Eduardo Veloso Garcia

Tipo de evento

Simpósio

Nome do evento

SILEL

Nome do congresso

Simpósio Nacional e Internacional de Letras e Linguística

Cidade

Uberlândia

Ano

2011

Páginas

p. 1-9

Editora

EDUFU

Resumo (pt)

Pretende-se apresentar aqui neste trabalho duas propostas interpretativas sobre o futebol na perspectiva dos contos Corinthians (2) vs Palestra (1) e Gaetaninho, do livro Brás, Bexiga e Barra Funda, lançado em 1927 pelo escritor e corintiano Antonio de Alcântara Machado. Primeiramente, abordaremos essa ocorrência no célebre conto Gaetaninho, usando do futebol para demarcar não somente as movimentações do personagem principal, mas também o objeto causador de sua tragédia. Na segunda leitura construída, temos uma das maiores rivalidades da história do futebol paulista representada como plano central das inquietações da protagonista do conto Corinthians (2) vs Palestra (1) , além de várias construções relacionadas a linguagem que permeava os campos na década de 20.Para basear estas analises, além da interpretação direta do tema e sua linguagem refletida nos contos, usaremos alguns autores que evidenciam a importância de Alcântara Machado no retrato desta prática esportiva, entre eles, Bernardo Borges Buarque de Hollanda, Nicolau Sevcenko e Marcos Faerman. Portanto, ao situar nossas leituras dessas duas obras na temática vibrante do futebol, além da busca da interpretação de sua ocorrência, estará em jogo também o reflexo de uma sociedade da qual os modernistas buscavam o retrato mais profundo de nossa brasilidade, e que Alcântara Machado soube encontrar em Brás, Bexiga e Barra Funda não só num processo lingüístico oral, mas também nos meios de interação social capazes de retratar os movimentos dessa sociedade, como aquela tarde no campo do Parque Antártica e a pelada de rua dos meninos.

Palavras-chave: conto; futebol; Alcântara Machado; modernismo; espaço urbano.

Referência

GARCIA, Luis Eduardo Veloso. Corinthians (2) vs Palestra (1) e Gaetaninho: posições interpretativas do futebol nos contos do corinthiana Antônio de Alcântara Machado. 2011, Uberlândia. Simpósio Nacional e Internacional de Letras e Linguística. Simpósio2011.