Corporeidade, esporte e identidade masculina

Autores

Édison Gastaldo, Adriana Andrade Braga

Periódico / Revista

Estudos Feministas

Cidade

Florianópolis

Volume

v. 19

Número

n. 3

Páginas

p. 875-893

Ano

2011

Área de concentração

Estudos feministas e de gênero

ISSN

0104-026X

Resumo (pt)

Este artigo busca articular, a partir de uma perspectiva antropológica, a dimensão corporal das práticas esportivas e alguns aspectos de sua generificação. A partir da noção maussiana de “técnica corporal”, enfatizamos a dimensão cultural na racionalização, valorização e legitimação de determinadas técnicas corporais aplicadas ao esporte (tomando como exemplo o universo das artes marciais) e de que maneira essas técnicas racionalizam, valorizam e legitimam posições de gênero, no caso, de identidade masculina.

Abstract

This paper wishes to address, through an anthropological perspective, the corporal dimension of sporting practices and some features of its genderization. Departing from Marcel Mauss’ notion of ‘body technique’, we emphasize the cultural dimension on the rationalization, valorization d legitimacy of certain body techniques applied to sports (taking as an example the universe of martial arts), and in which way such techniques rationalize, value and legitimate gendered positions, in this case, of masculine identity.

Referência

GASTALDO, Édison; BRAGA, Adriana Andrade. Corporeidade, esporte e identidade masculina. Estudos Feministas. Florianópolis, v. 19, n. 3, p. 875-893, 2011.