Crônicas boleiras

Autores

Francisco Bicudo

Subtítulo

2º tempo

Editora

Chiado Editora

Cidade

Lisboa

Páginas

240

Ano

2018

ISBN

9789895226009

Sinopse

Quem vê Francisco Bicudo absolutamente concentrado escrevendo seus textos – daquele jeito que mal ouve o que se passa à volta e mal responde a quem lhe interrompe – não pode imaginar que instantes antes ele se esgoelava com a escolha equivocada do técnico, ou com um passe inacreditável do menino da base durante o jogo de futebol da tarde de domingo. E não importa nada que não seja o time dele. Jogo é jogo. É para torcer e virar crônica.

Pensando bem, o leitor nota sim. As crônicas dele refletem justamente a experiência de viver o extremo das duas reações – introspecção e explosão – exatamente como o jogador que se prepara para cobrar o pênalti e, ato contínuo, comunga com a galera a meta convertida. A cada capítulo, um passeio leve – mas nada frívolo – pelo mundo do futebol, pelas resenhas boleiras, pelos casos que só uma partida oferece. Em cada crônica, um olhar ferino, uma tirada irônica e um algo a mais que faz cócegas no cérebro.

Crônicas Boleiras – 2º tempo é a tríplice coroa da coleção e em nada perde dos volumes anteriores, Memórias de uma Copa no Brasil Crônicas Boleiras. Vem cheio de novas histórias, vai além do engasgado 7 a 1, ultrapassa a discussão do tem ou não Mundial e escala um time de textos curtos e divertidos que merecem ser lidos no intervalo, na prorrogação e a qualquer momento depois que o juiz apitar.

Referência

BICUDO, Francisco. Crônicas boleiras: 2º tempo. Lisboa: Chiado Editora, 2018.