“Do céu ao inferno”: a história de Baiano no Boca Juniors e os racismos no futebol

Autores

Sérgio Settani Giglio, Marcel Diego Tonini, Katia Rubio

Periódico / Revista

Projeto História

Cidade

São Paulo

Número

n. 49

Páginas

p. 259-292

Ano

2014

Área de concentração

História

ISSN

2176-2767

Resumo (pt)

Neste artigo, o tema do racismo no futebol é retomado à luz das experiências do futebolista Dermival Lima, conhecido como Baiano. Quando estava no Boca Juniors aconteceu o episódio de racismo no futebol sul-americano, envolvendo o jogador brasileiro Grafite e o argentino Desábato, o qual trouxe consequências para a vida profissional de Baiano na Argentina. Utilizamos como fontes tanto jornais da época quanto uma entrevista realizada com esse jogador brasileiro, bem como literatura acadêmica. Entende-se que a história de Baiano permite ver e analisar como o racismo se faz presente no futebol e como se manifesta nas relações entre os jogadores.

Abstract

In this article, the issue of racism in soccer is taken in the light of the experiences of footballer Dermival Lima, also known as Baiano. When he was at Boca Juniors, it took place the episode of racism in South American soccer involving the Brazilian player Grafite and the Argentinian player Desábato, which had consequences for the professional life of Baiano in Argentina. The sources that we used were both newspapers of that time as an interview with this Brazilian player, as well as academic literature. It is understood that the life story of Baiano allows us to view and analyze how racism is present in soccer and how it manifests itself in relations between players.

Referência

GIGLIO, Sérgio Settani; TONINI, Marcel Diego; RUBIO, Katia. “Do céu ao inferno”: a história de Baiano no Boca Juniors e os racismos no futebol. Projeto História. São Paulo, n. 49, p. 259-292, 2014.