Do lábaro que ostentas estrelado

Autores

Marcelo Kischinhevsky

Subtítulo

mídia, futebol e identidade

Orientador

Carlos Alberto Messeder Pereira

Banca

Micael Maiolino Herschmann, Ilana Strozenberg, Ronaldo George Helal, Antonio Jorge Soares

Faculdade / Instituição

Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Tipo

Tese

Área de concentração

Doutorado em Comunicação

Ano

2004

Páginas

225

Cidade

Rio de Janeiro

Resumo (pt)

Este trabalho se propõe a discutir a construção das identidades nacionais, regionais e locais por meio do discurso dos cronistas esportivos, no âmbito do exercício de rivalidades entre clubes e seleções nacionais de futebol. Para tanto, estabeleceremos uma divisão da história do futebol à luz da evolução da mídia: da primeira fase, que chamaremos clássica, na qual a mediação social era operada pelos jornais, à era do rádio, poderoso instrumento para a constituição de comunidades imaginadas e de afirmação de uma mitologia da brasilidade positiva, chegando por fim à era do espetáculo, marcada pela ligação do planeta via satélite, por meio da TV, e pela criação de um jet set esportivo mundializado. Trataremos ainda dos mecanismos da mediação social exercida em torno do futebol e das questões relacionadas à alteridade, uma vez que a violência supostamente motivada pelo esporte se apresenta como fator de crescente preocupação das autoridades e da sociedade civil.

Abstract

This Dissertation focuses the formation of national, regional and local identities through the analysis of discourse in the context of sports. In particular, chronicles produced that express rivalry among football (soccer) supporters, at all levels from cities to nations. The framework employed is to track football chronology along with the evolution of media: the first stage, herein considered as a classical phase, in which social mediation was operated by the press, to the radio era and, finally, to the contemporary spectacle era. We intend to discuss radio as a powerful mechanism for the establishment of imagined communities and brazilian pride mithology, as well as contemporary spectacle era, sattelite TV connected, creating a global sports jet set. Considering that violence allegedly related to sports is a great concern for authorities and society at large, social mediation mechanisms involving football and issues related to otherness are also addressed in this work.

Sumário

Introdução, 6

A construção de mitos e a força das mediações, 14

A criação do jornalismo esportivo, 31

Modernidade e redesenho de identidades, 40

A era clássica: mídia impressa e o discurso racial, 61

O rádio e a projeção do imaginário nacional, 79

A era do espetáculo via satélite: mediação da TV, 117

Os extremos: do chauvinismo à fragmentação, 160

Conclusão, 182

Anexos, 193

Bibliografia, 218

Referência

KISCHINHEVSKY, Marcelo. Do lábaro que ostentas estrelado: mídia, futebol e identidade. 2004. 225 f. Tese (Doutorado em Comunicação) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2004.