El Dorado

Autores

Eduardo de Souza Gomes

Subtítulo

os efeitos do profissionalismo no futebol colombiano (1948-1951)

Editora

Multifoco

Cidade

Rio de Janeiro

Tema

Profissionalização do futebol na Colômbia

Área de concentração

História do Esporte

Páginas

114

Ano

2014

ISBN

9788582736333

Sumário

Prefácio, 15

Introdução, 21

1 – Antecedentes: a cultura e o desenvolvimento dos esportes na Colômbia da primeira metade do século XX
1.1 – A Guerra dos Mil Dias e a cultura conservadora nas décadas iniciais do século XX, 35
1.2 – Os clubes sociais e a chegada do esporte: primórdios de um campo
esportivo, 41
1.3 – O assassinato de Jorge Eliécer Gaitán e seus efeitos políticos: consequências para o esporte, 54

2 – A profissionalização do futebol e o êxodo de jogadores estrangeiros para a Colômbia
2.1 – A fundação da Dimayor e o primeiro campeonato profissional de futebol da Colômbia, 61
2.2 – Dimayor x Adefútbol: tensões entre as federações colombianas e a greve do futebol argentino de 1948, 69
2.3 – El Dorado: o êxodo de jogadores estrangeiros e a formação do futebol espetáculo na Colômbia, 75

3 – A popularização do futebol na Colômbia: primórdios de uma identidade nacional
3.1 – Esporte espetáculo: futebol, idolatria e a população colombiana: desenvolvimento de um campo esportivo, 85
3.2 – O Pacto de Lima e a legalização da Dimayor, 91
3.3 – De esporte popular a identidade nacional: o legado do período El Dorado para o futebol na Colômbia, 94

Conclusão, 99

FONTES, 105

BIBLIOGRAFIA, 107

Sinopse

Este livro é fruto da monografia que realizei no âmbito da graduação em História da Faculdade de Formação de Professores (FFP) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).  Buscamos analisar o futebol colombiano em seu período de profissionalização, entre os anos de 1948-1951. Assim como em muitos países da América Latina, a história colombiana é marcada pela disputa do poder político entre liberais e conservadores. Em 1948 essa disputa é aflorada com a morte do então principal líder liberal do país, Jorge Gaitán. Os efeitos da morte de Gaitán são gigantescos, fazendo crescer os conflitos e a violência no país que já ocorriam desde o retorno conservador ao poder em 1946, após dezesseis anos de Republica Liberal. E ainda nesse mesmo ano de 1948, ocorreu a profissionalização do futebol na Colômbia. Porém, devido uma série de fatores que são analisados nesta pesquisa, a nova liga profissional passa a não ser reconhecida pela FIFA e demais federações “oficiais” do futebol em seus anos iniciais. Essa “ilegalidade” torna-se um dos principais fatores para a transformação do esporte em um espetáculo para o público e para a chegada de diversos craques estrangeiros para atuarem nos clubes do país, construindo o período que ficou conhecido como El Dorado do futebol colombiano. A partir principalmente da análise de periódicos colombianos e de fatores relacionados à política, ao nacionalismo e ao esporte, consideramos como hipótese principal desta investigação que o período de profissionalização do futebol colombiano foi fundamental para a consolidação do processo de popularização desse esporte no país, tendo resultado na formação uma identidade nacional na Colômbia.

 

Referência

GOMES, Eduardo de Souza. El Dorado: os efeitos do profissionalismo no futebol colombiano (1948-1951). Rio de Janeiro: Multifoco, 2014.