Entre a caneta e o pandeiro

Autores

Karla Leandro Rascke

Subtítulo

letras e enredos de agremiações afrodescendentes em Florianópolis – SC (1920 a 1950)

Orientador

Maria Antonieta Martines Antonacci

Faculdade / Instituição

Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Tipo

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em História Social

Ano

2018

Páginas

284

Cidade

São Paulo

Resumo (pt)

A presente pesquisa propõe apreender sociabilidades e solidariedades em agremiações organizadas por afrodescendentes em Florianópolis/SC entre 1920 e 1950. Com base em fontes como jornais, fotografias, estatutos e documentos de associações formadas por afrodescendentes, percebemos uma reconfiguração política da cidade e novas formas de vivenciar o espaço público por parte das culturas de matriz africana. Diferentes associações (clubes recreativos; blocos, cordões, ranchos e escolas de samba; grupos de cacumbi; irmandades religiosas; clubes de futebol; comunidades negras) mobilizaram esforços para a alfabetização de seus membros ou de grupos populares empobrecidos, ressaltando que neste período emergiram, no espaço das instâncias políticas, muitos homens e mulheres de origem africana. Desse modo, buscamos entender como estas agremiações articularam solidariedades e sociabilidades das populações afrodescendentes em meio a nova conjuntura política e cultural de Florianópolis, pautada na reformulação das elites políticas e nas mudanças de configuração da República, em especial com o Estado Novo.

Abstract

This research such proposes to apprehend sociabilities and solidarities in associations organized by afrodescendants in Florianópolis/SC between 1920 and 1950. Based on sources such as newspapers, photographs, statutes and documents of associations formed by afrodescendants, we perceive a political reconfiguration of the city and new ways of experiencing the public space by african cultures. Different associations (clubs, blocks, cords, ranches and samba schools, cacumbi groups, religious brotherhoods, soccer clubs, black communities) mobilized efforts for the literacy of their members or impoverished popular groups, noting that in this period, in the space of political instances, many men and women of african origin. In this way, we seek to understand how these associations articulated solidarities and sociabilities of afrodescendant populations in the midst of the new political and cultural conjuncture of Florianopolis, based on the reformulation of political elites and the changes in the configuration of the Republic, especially with the New State.

Sumário

INTRODUÇÃO, 14

1 CIDADE, REPÚBLICA, TENSÕES E REFORMAS URBANAS, 39
1.1 A REPÚBLICA, AS ELITES E A RECONFIGURAÇÃO CITADINA, 39
1.2 A FUNDAÇÃO DE AGREMIAÇÕES AFRODESCENDENTES, 57

2 GRUPOS E ORGANIZAÇÕES LETRADAS: ASSOCIAÇÕES DE HOMENS DE COR, 86
2.1 O PERFIL DAS ASSOCIAÇÃO DE HOMENS DE COR, 86
2.1.1 O Centro Cívico e Recreativo José Boiteux, 93
2.1.2 De Centro Cívico e Recreativo José Boiteux a Centro Cívico e Recreativo Cruz e Souza, 111
2.1.3 O Centro Catarinense de Letras, 113
2.1.4 Imprensa negra e raça em questão, 119
2.2 AS ASSOCIAÇÕES DE HOMENS DE COR E A PREOCUPAÇÃO COM A EDUCAÇÃO, 133

3 CLUBES RECREATIVOS: ESPAÇOS DE CONSTRUÇÃO DE CIDADANIA E SOCIABILIDADE, 144
3.1 A UNIÃO RECREATIVA 25 DE DEZEMBRO, 144
3.2 A FORMAÇÃO DA SOCIEDADE RECREATIVA E CARNAVALESCA BRINCA QUEM PODE, 163
3.3 FESTIVIDADES: FORMAS DE VIVENCIAR OS CLUBES, 172
3.4 CLUBES RECREATIVOS E LUTAS POLÍTICAS, 184

4 RANCHOS, CORDÕES, BLOCOS CARNAVALESCOS, ESCOLAS DE SAMBA, 198
4.1 DAS PROCISSÕES DE IRMANDADES RELIGIOSAS AOS DESFILES DAS
ESCOLAS DE SAMBA: A RUA EM RITMOS AFRO-DIASPÓRICOS, 198
4.1.1 Blocos, cordões e ranchos carnavalescos, 200
4.1.2 “Vocês aqui não possuem escola de samba? – ‘Não senhor, nem Academia de
Letras…’”, 237

CONSIDERAÇÕES FINAIS, 252

FONTES, 256
REFERÊNCIAS, 258
ANEXOS, 272

Referência

RASCKE, Karla Leandro. Entre a caneta e o pandeiro: letras e enredos de agremiações afrodescendentes em Florianópolis – SC (1920 a 1950). 2018. 284 f. Dissertação (Mestrado em História Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018.