Estilos de tomada de decisão do treinador de futebol português

Autores

João Miguel Barquina Pinto de Sousa

Subtítulo

um estudo exploratório

Orientador

Carlos Jorge Pinheiro Colaço

Banca

Carlos Jorge Pinheiro Colaço, Maria Margarida Mascarenhas, Paulo Alexandre Correia Nunes

Faculdade / Instituição

Universidade de Lisboa, Faculdade de Motricidade Humana

Tipo

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Gestão do Desporto

Ano

2013

Páginas

70

Cidade

Lisboa

Resumo (pt)

O propósito deste estudo foi definir e analisar o estilo de tomada de decisão dos treinadores de futebol português, bem como a influência de variáveis como o género, o escalão etário, o número de anos de treinador, a função desportiva, o nível de treinador e a associação a que pertencem, podem ter no mesmo. Para obter os resultados necessários para concretizar os objetivos do estudo, foi aplicado um inquérito denominado “Decision Style Inventory”, desenvolvido por A. J. Rowe em 1981, traduzido e adaptado à realidade portuguesa por Pires & Colaço em 2001. A população deste estudo é constituída por 40 treinadores de futebol de ambos os sexos, com uma média de aproximadamente 35 anos. Os dados encontrados neste estudo sugerem que os treinadores de futebol português apresentam como estilo preferencial de tomada de decisão o estilo Diretivo. No entanto, tendo em consideração as pontuações atribuídas a cada estilo, chega – se à conclusão que não é possível definir com clareza que os treinadores apresentam um estilo maioritariamente predominante. No que diz respeito às variáveis em estudo, relativamente aos estilos de tomada de decisão (género, escalão etário, anos de treinador, função desportiva, nível de treinador e associação a que pertencem, apenas apareceram diferenças significativas entre o número de anos de treinador, nos estilos diretivo, analítico e comportamental. Quanto ao nível de treinador encontraram-se diferenças significativas no estilo directivo, analítico e conceptual.

Palavras Chave: Futebol, Treinador, Estilos de Tomada de Decisão, Estilo Diretivo, Estilo Analítico, Estilo Conceptual e Estilo Comportamental.

Abstract

The purpose of this study was to define and analyze the style of decision making of Portuguese football coaches , as well as the influence of variables such as gender, age group, the number of years of coaching, sport function, the level of coaching and association to which they belong , can have on the same. In obtaining the necessary results in order to define the aims of aforementioned study, it has been applied the so-called “Decision Style Inventory ,” developed by A. J. Rowe in 1981, duly translated and adapted to Portuguese reality by Pires & Colaco in 2001. The study population consists of 40 football coaches of both sexes , with an average of approximately 35 years old. The data in this study suggest that football coaches have Portuguese as preferred style of decision-making Directive Style. However, taking into account the scores attributed to each style comes – to the conclusion that it is not possible to define clearly what the coaches have a style largely predominant. With respect to the variables under study, for decision-making styles (gender, age group, years of coaching, sports function, level coach and association to which they belong, appeared only significant differences between the number of years of coaching, in directive style, analytical and behaviour. Regarding the level of coach found significant differences in directive style, analytical and conceptual.

Key – Words: Football, Coach, Styles of Decision – Making, Directive Style, Analytical Style, Conceptual Style and Behaviour Style.

Sumário

1. INTRODUÇÃO, 10

2. PROBLEMÁTICA, 12

3. REVISÃO DA LITERATURA, 13
3.1. O Treinador Desportivo, 13
3.1.1. Conceito, 13
3.1.2. Exigências do Papel do Treinador, 15
3.1.3. Competências do treinador, 16
3.1.4. O Treinador de Futebol: contexto legal e institucional, 20
3.1.5. O Treinador de Sucesso, 22
3.2. Tomada de Decisão, 24
3.2.1. O Processo de tomada de decisão, 25
3.2.2. Classificação das Decisões, 26
3.2.3. Modelos de tomada de decisões, 27
3.2.4. Estilos de Tomada de decisão, 28

4. METODOLOGIA, 36
4.1. Amostra, 36
4.2. Instrumento, 36
4.3. Procedimento, 38

5. APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS, 39

6. DISCUSSÕES DE RESULTADOS, 60

7. CONCLUSÕES, 62

8. SUGESTÕES, 63

9. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS, 64

Referência

SOUSA, João Miguel Barquina Pinto de. Estilos de tomada de decisão do treinador de futebol português: um estudo exploratório. 2013. 70 f. Dissertação (Mestrado em Gestão do Desporto) - Universidade de Lisboa, Faculdade de Motricidade Humana, Lisboa, 2013.