Estrutura das redes de relacionamento e desempenho do trabalho em equipe

Autores

Eronilton Brito Santos

Subtítulo

um estudo com times de futebol brasileiros

Orientador

João Paulo Lara de Siqueira

Banca

Renato Telles, Filipe Quevedo

Faculdade / Instituição

Programa de Mestrado Profissional em Administração, Universidade Nove de Julho

Tipo

Dissertação

Área de concentração

Mestre em Administração – Gestão do Esporte

Ano

2015

Páginas

71

Cidade

São Paulo

Resumo (pt)

O presente trabalho de pesquisa tem como objetivo analisar qual a relação entre a estrutura da rede de um time durante uma partida de futebol no seu desempenho. Tal objetivo resulta de uma questão inquietante levantada pela necessidade de entendimento dos motivos pelos quais uma equipe pode apresentar desempenho em níveis diferenciados, se comparada a outras equipes, utilizando-se como objeto de pesquisa o futebol: qual a relação entre a estrutura de rede de um time durante a partida de futebol e o seu desempenho? Para a reflexão sobre a presente questão de pesquisa e a busca pelo alcance do objetivo proposto serão utilizados os conceitos propostos pela Teoria das Redes (Centralização e Densidade das Redes), apresentados por Grund (2012) e complementados por Balkundi e Harrison (2006). As hipóteses formuladas são: 1 – O desempenho da rede de uma equipe de futebol é positivamente relacionado à sua densidade; e, 2 – O desempenho de uma equipe de futebol é negativamente relacionado ao grau de centralização da sua rede. Segundo Grund (2012), os altos níveis de interação, como os números de passes entre os jogadores de um time durante uma partida, levam ao aumento no desempenho das equipes e que as interações centralizadas em apenas um jogador provocam uma diminuição nesse desempenho. Já Balkundi e Harrison (2006) corroborando Grund (2012) rotulam de “fenômeno de densidade desempenho” o aumento do desempenho de uma equipe pela densidade da rede e a intensidade de interação entre os seus membros. A pesquisa foi realizada com a utilização do método descritivo quantitativo, utilizando-se como objeto dois times de futebol, classificados em primeiro e em último lugar, no Campeonato Paulista de Futebol, Série A1 do ano de 2014. A contribuição do projeto no âmbito da teoria situa-se no intuito de oferecer uma nova aplicação da Teoria das Redes em um levantamento de evidências empíricas baseada em dados secundários, quanto à relação entre a estrutura das redes e o desempenho. No que diz respeito às práticas de gestão, a realização da pesquisa deverá possibilitar aos gestores de equipes no futebol repensarem seus métodos de gestão pelo aprimoramento das suas equipes.

Abstract

This work research aims to analyze the relationship between the structure of a team during a football match and its performance. Such objective results from a disturbing question raised by the need of understanding the reasons why a team may have different performance level compared to other teams, using as research object the football environment: What is the relationship between network structure of a team during the football match and their performance? To elaborate on this research question and the search for the scope of the proposed objective its is going to be used the concepts proposed by the Networks Theory (Network Centralization and Density) proposed by Grund (2012) and supplemented by Balkundi and Harrison (2006). The hypotheses are: 1 – The network performance of a football team is positively related to its density; and, 2 – The performance of a football team is negatively related to the degree of centralization of its network. According Grund (2012), high levels of interaction, such as passes numbers among the players of a team during a match, leads to increase the performance of that teams and the centralized interactions into only one player causes a decrease in performance. Balkundi and Harrison (2006), corroborating Grund (2012) label the “performance density phenomenon” the increasing on team performance by the network density and the intensity of interaction among its members. For validating this research, the chosen method is quantitative descriptive one, using as study object two soccer teams, ranked on the first and on the last place in the Paulista’s Football Championship, A1 Series, 2014. The project contribution in the framework of the theory lies in order to offer a new application of the Theory of Networks in a survey of empirical evidence, based on secondary data, about the relationship between the structure of the networks and performance. With regard to management practices, the research should make it possible for football managers the opportunity to rethink their management methods for the improvement of their teams.

Sumário

1. INTRODUÇÃO, 11
1.1. PROBLEMA DE PESQUISA, 13
1.1.1. Questão de Pesquisa, 14
1.2. OBJETIVOS, 15
1.2.1. Geral, 15
1.2.2. Específicos, 15
1.3. JUSTIFICATIVA PARA ESTUDO DO TEMA, 16
1.4. ESTRUTURA DO TRABALHO CIENTÍFICO, 18

2. REVISÃO DE LITERATURA, 19
2.1. REDES, 20
2.2. ESTRUTURA DAS REDES, 24
2.3. REDES E ORGANIZAÇÕES, 27
2.4. REDES NO ESPORTE, 31
2.5. REDES E DESEMPENHO, 33

3. HIPÓTESES, 35

4. METODOLOGIA DA PESQUISA, 37
4.1. DELINEAMENTO DA PESQUISA, 37
4.2. PROCECIMENTOS DE COLETA DE DADOS, 39
4.3. PROCEDIMENTO DE ANÁLISE DE DADOS, 42
4.3.1. Variável desempenho, 42
4.3.2. Estrutura da Rede e Centralização, 46
4.3.3. Densidade das Redes, 46
4.3.4. Centralização da Rede Baseada em Nós e Laços, 48
4.3.5. Peso da Centralização, 49
4.3.6. Força da Centralização, 49
4.4. LIMITAÇÕES DO MÉTODO, 52
4.5. ESQUEMA DA PESQUISA, 53

5. RESULTADOS DA PESQUISA, 54
5.1. ANÁLISES, 54
5.2. DISCUSSÃO DOS RESULTADOS DA PESQUISA, 57

6. CONSIDERAÇÕES FINAIS E IMPLICAÇÕES PARA A PRÁTICA, 58
6.1. LIMITAÇÕES E SUGESTÕES DE PESQUISAS FUTURAS, 61

7. REFERÊNCIAS, 63

8. ANEXOS, 69

Referência

SANTOS, Eronilton Brito. Estrutura das redes de relacionamento e desempenho do trabalho em equipe: um estudo com times de futebol brasileiros. 2015. 71 f. Dissertação (Mestre em Administração – Gestão do Esporte) - Programa de Mestrado Profissional em Administração, Universidade Nove de Julho, São Paulo, 2015.