Ethos dos dirigentes e a figuração do futebol de espetáculo

Autores

Francisco Xavier dos Santos

Subtítulo

o caso do sport club do Recife

Orientador

Josimar Jorge Ventura de Morais

Banca

Artur Fragoso de Albuquerque Perrusi, Paulo Henrique Novaes Martins de Albuquerque, Joanna Lessa Fontes Silva, André Luiz Maranhão de Souza Leão

Faculdade / Instituição

Centro de Filosofia e Ciências Humanadas, Universidade Federal de Pernambuco

Tipo

Tese

Área de concentração

Doutorado em Sociologia

Ano

2015

Páginas

275

Cidade

Recife

Resumo (pt)

Este trabalho aborda o futebol-espetáculo e a figura dos dirigentes do Sport Club do Recife, clube esse localizado na cidade de mesmo nome. Trata-se de uma tese na área da sociologia, que analisa a relação entre o futebol-espetáculo e o dirigente de clube; mais especificamente, o processo de constituição do ethos dos dirigentes profissionais desse clube. Nosso interesse é explicitar como se dá no contexto do futebol-espetáculo a constituição do ethos do dirigente do Sport, no sentido de revelar a complexa dimensão que envolve esse processo da vida dos mandatários de clube do futebol profissional; e também mostrar a perspectiva complexa desse processo constitutivo do ethos no âmbito local. Buscou-se investigar como se constitui o ethos dos dirigentes do Sport Club do Recife na figuração do futebol espetáculo e quais consequências resultam desse ethos na administração do clube. De modo mais específico, primeiramente levantou informações sobre os dirigentes e o cenário do clube; em seguida, as caracterizou e avaliou; depois apontou um modo de constituição do ethos e, por fim, analisoua na perspectiva das consequências resultantes da maneira como acontece nesse clube de futebol de Recife. O estudo se desenvolveu mediante coleta de informações obtidas por meio de entrevistas semiestruturadas, gravadas em um smartphone, pesquisa documental e anotações registradas em nosso “caderno de campo”, com base nas observações realizadas em nosso convívio dentro do clube. A pesquisa abrangeu, em sua totalidade, o universo dos funcionários administrativos e dirigentes, todos envolvidos com o clube de futebol profissional. Conclui-se que a constituição do ethos entre os dirigentes do Sport Club do Recife é um aspecto que não revela formas puras. Seu processo no clube investigado, tanto numa gestão quanto noutra é, por assim dizer, de natureza híbrida.

Abstract

This research addresses the soccer spectacle and the figure of the leaders of the Sport Club do Recife, this club is located in the city of the same name. It is a thesis in the field of sociology, which analyses the relationship between soccer spectacle and his club directors; More specifically, the ethos of the maintenance process of the professional directors of this club. Our interest is to explain how is the soccer spectacle context of the constitution of the head of Sport ethos, to reveal the complex dimension involved in this process of life of the professional soccer club directors; and also show the complex perspective of this constitutional ethos of the process at the local level. We sought to investigate how is the ethos of the directors of the Sport Club do Recife in the figuration of soccer and show which consequences result from this ethos in the administration of the club. More specifically, first raised about the directors and the club scene; then the characterized and evaluated; then pointed an ethos constitution mode and, finally, analyzed from the perspective of the consequences resulting from the way happens in Sport soccer club. The study was developed by gathering information obtained through semi-structured interviews, recorded on a smartphone, desk research and recorded notes in our “field notebook”, based on observations in our midst within the club. The research covered in its entirety, the universe of administrative staff and directors, all involved with professional soccer club. It is concluded that the formation of ethos between the directors of the Sport Club do Recife is an aspect that does not reveal pure forms. His process in the investigated club, both in management as another is, so to speak, of a hybrid nature.

Resumo (outro idioma)

1 INTRODUÇÃO, 14

2 MUDANÇAS NA FIGURAÇÃO DO FUTEBOL E O DIRIGENTE: TECENDO CADEIAS, CÓDIGOS, ETHOS, 30
2.1 Sociologia Figuracional: um aporte para pensar mudanças no esporte, 34
2.2 Esportivização e Propagação do Desporto, 38
2.3 Futebol-Espetáculo, 43
2.3.1 Futebol-Espetáculo no Brasil e Empresarização: uma linha da figuração, 47
2.4 Códigos de Condutas e Sensibilidade: um aporte para um ethos?, 50
2.5 Da Figuração, às “Figuras” em Ação, 55

3 MUDANÇAS NOS PROCESSOS DE GERENCIAMENTO DOS CLUBES DE FUTEBOL NO MUNDO: ONDE? POR QUÊ? COMO?, 63
3.1 Onde?, 69
3.1.1 Nas Pegadas das Mudanças: o mundo europeu, 69
3.2 Por que?, 73
3.2.1 Os Clubes Mudam: de clubes socioesportivos para clubes de futebol profissionais, 74
3.3 Como?, 77
3.3.1 Mudando Paradigmas: os casos de Manchester United, Barcelona e Bayern de Munique,77
3.3.2 O Futebol Inglês: o caso do Manchester United,78
3.3.3 Tecendo a Figuração Catalã: o caso do Barcelona e suas estratégias inovadoras, 87
3.3.4 O futebol Alemão: o caso do Bayern de Munique, 97

4 OS DILEMAS DA MODERNIZAÇÃO NA GESTÃO DOS CLUBES NO BRASIL,107
4.1 Por entre Trajetos do Desenvolvimento do Futebol Brasileiro: da elite para a espetacularização,111
4.1.1 Modernização e Espetacularização: ensaiando mudanças nos clubes do futebol
brasileiro,120
4.2 A Gestão dos Clubes Brasileiros: uma imersão na figuração do Sul-Sudeste,129
4.3 A Figuração do Futebol de Pernambuco e do Nordeste: ligados à cadeia nacional ou confinados nela?,138

5 AMBIGUIDADES NA CONSTRUÇÃO DA NOVA GESTÃO RUBRO-NEGRA,148
5.1 O Sport Club do Recife Retratado no seu Estatuto: “princípios” da figuração.151
5.2 Traços do Processo Ambíguo no Sport Club do Recife: notícias que falam de gestão, 161
5.2.1 A Gestão do Sport na Política de Contratações, 162
5.2.2 A Gestão do Sport na Base do Clube,180
5.2.3 A Relação Clube-Torcida, 193
5.3 A Figuração do Sport Club do Recife na Voz do seu Conselho Deliberativo, 198
5.4 Quando um “Príncipe” se Levanta: uma carta que ainda ressoa,207

6 TRAJETÓRIA SOCIAL DOS DIRIGENTES DO SPORT CLUB DO RECIFE: elementos de constituição do ethos, 216
6.1 Trajetória e Heranças: situando os dirigentes do Sport Club do Recife, 218
6.2 Retóricas Sobre a Figura do Dirigente: ouvindo os mandatários rubro-negros.224
6.3 Não se Formam Dirigentes Especializados: aqui a produção é caseira, 232
6.4 Quando o Assunto É a Modernização do Clube, a Tradição não Fica de Fora, 240
6.5 O Ethos dos Dirigentes do Sport Club do Recife e a Metáfora dos Retalhos: algumas características, 246

7 CONCLUSÕES, 250

REFERÊNCIAS, 260

APÊNDICES, 270

ANEXOS, 273

Referência

SANTOS, Francisco Xavier dos. Ethos dos dirigentes e a figuração do futebol de espetáculo: o caso do sport club do Recife. 2015. 275 f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Centro de Filosofia e Ciências Humanadas, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2015.