Film review Icarus: doping between an individual choice and a geopolitical issue

Autores

Charlotte Markham, Henrique Estides Delgado, Carlos Henrique de Vasconcellos Ribeiro

Periódico / Revista

Recorde: Revista de História do Esporte

Cidade

Rio de Janeiro

Volume

v. 13

Número

n. 2

Páginas

p. 1-4

Ano

2020

ISSN

1982-8985

Resumo (pt)

Esta é uma resenha crítica do filme americano Ícaro (2017) dirigido por Bryan Fogel. O documentário é essencialmente sobre doping, mas o que começa com um alvo individual se torna uma questão geopolítica. O documentário ganhou o Prêmio Orwell documentário no Sundance Film Festival (EUA) em 2017. Assumindo o doping como sendo mais do que um problema ético pessoal, Ícaro é uma boa chance de discutir sobre o sistema esportivo, não tendo os atletas como os únicos trapaceiros. A literatura sobre drogas no esporte é vasta e normalmente é baseada na educação, prevenção e política. O documentário é bem sucedido ao condensar essas três questões quando viaja para diferentes países em busca de entrevistas com membros de organizações esportivas internacionais.

Palavras-chave: Doping; Icarus; Organizações Esportivas

Abstract

This is a review of an American film Icarus (2017) directed by Bryan Fogel. The documentary is essentially about doping, but what starts with an individual target becomes a geopolitical issue. The documentary won the U.S. Documentary Orwell Award from Sundance Film Festival in 2017. Understanding doping as more than a personal ethical problem, Icarus is a good chance to discuss about the sport system, not taking athletes as the only cheaters. The literature about drugs in sports is vast and is normally based on education, and prevention and policy. The documentary succeeds in condensing these three issues through traveling to different countries to interview members of international sports organizations.

Keywords: Doping; Icarus; Sports Organizations

Resumo (outro idioma)

Esta es una reseña de una película estadounidense Icarus (2017) dirigida por Bryan Fogel. El documental es esencialmente sobre el dopaje, pero lo que comienza con un objetivo individual se convierte en una cuestión geopolítica. El documental ganó el Premio Orwell Documental de Sundance Festival Film de los Estados Unidos en 2017. Asumiendo que el dopaje es más que un problema ético personal, Icarus es una buena oportunidad para discutir sobre el sistema deportivo, no tomando a los atletas como los únicos tramposos. La literatura sobre drogas en el deporte es vasta y normalmente se basa en la educación, y la prevención y la política. El documental tiene éxito en condensar estos tres problemas cuando se viaja a diferentes países en busca de entrevistas con miembros de organizaciones deportivas internacionales.

Palabras-clave: Dopage; Icarus; Organizaciones Deportivas

Referência

MARKHAM, Charlotte; DELGADO, Henrique Estides; RIBEIRO, Carlos Henrique de Vasconcellos. Film review Icarus: doping between an individual choice and a geopolitical issue. Recorde: Revista de História do Esporte. Rio de Janeiro, v. 13, n. 2, p. 1-4, 2020.