Football Feminino entre festas esportivas, circos e campos suburbanos

Autores

Aira Bonfim

Subtítulo

uma história social do futebol praticado por mulheres da introdução à proibição (1915-1941)

Orientador

Bernardo Borges Buarque de Hollanda

Banca

Victor Andrade de Melo, Ludmila Mourão

Faculdade / Instituição

Escola de Ciências Sociais, Fundação Getulio Vargas

Tipo

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em História

Ano

2019

Páginas

213

Cidade

Rio de Janeiro

Resumo (pt)

Este trabalho tem por objetivo discutir a iniciação feminina no futebol nos anos que antecederam a regulamentação das práticas esportivas no Brasil e a proibição de algumas modalidades para mulheres (1915-1941). Nesse sentido, utilizamos como fontes jornais e revistas do período, bem como acervos iconográficos institucionais e pessoais. O intuito da pesquisa é apresentar um panorama do envolvimento de diferentes grupos sociais de mulheres que aderiram à prática, em diversos momentos históricos, desempenhando distintos papéis. Locais como os das festas esportivas, dos picadeiros circenses e dos campos suburbanos do Rio de Janeiro mostraram-se ricos na manifestação do fenômeno “football feminino”. Ao captar as peculiaridades de cada uma dessas ocorrências, podemos ter um perfil das tensões e enfrentamentos encarados pelas mulheres no período estudado. Por fim, concluímos que se o aumento da iniciação feminina no futebol, de alguma forma, atendeu a interesses masculinos, dentro e fora do campo esportivo, também acirrou conflitos acerca dos papéis concebidos para homens e mulheres na sociedade brasileira.

Palavras-chaves: futebol feminino, circos, festas esportivas, subúrbio, mulheres, gênero

Abstract

The objective of this work is to discuss women’s entrance into Brazilian soccer during the years 1915-1941 before state-sponsored governing bodies stepped in to regulate sporting practices and before the prohibition of certain modalities for women in 1941. This study draws on newspapers and magazines from this post-prohibition period as well as iconographic institutional archives and personal collections. The purpose of the research is to present an overview of the involvement of different social groups of women who adhered to the practice, in different historical moments, playing different roles. Venues such as Rio de Janeiro’s sports parties, circus shows and suburban courts were key sites where the phenomenon of “women’s football” manifested. By capturing the peculiarities of each of these occurrences, we can create a profile of the tensions and confrontations women faced in the studied period. Finally,we conclude that if the increase in female initiation in football somehow met male interests, both on and off the sports pitch, it also intensified conflicts over gender roles for men and women in Brazilian society.

Keywords: women’s football, circuses, sports parties, suburb, women, gender

Sumário

INTRODUÇÃO, 10
Os jornais e palavras-chaves, 16
Os acervos institucionais e pessoais circenses, 20
Caminhos do futebol feminino: festas esportivas, circos e subúrbios, 21

Capítulo 1. As mulheres e as ‘festas sportivas’, 27
1.2 Pioneirismos e as iniciações do futebol nas primeiras décadas do séc. XX, 27
1.3 Rio de Janeiro, cidade esportiva e divertida do século XIX e XX, 31
1.3.1 Do turfe ao futebol: a mulher carioca que saiu das arquibancadas, 33
1.3.2 Deslocamento e ocupação feminina: sair e se divertir nas ‘festas sportivas’ cariocas, 38
1.4 As Festas Sportivas no Rio de Janeiro, 41
1.4.1 O Bello Sexo de Villa Izabel F.C., 53
1.5 Quando o futebol é jogado por elas: primeiros episódios de partidas mistas e femininas nas festas esportivas do Brasil, 56
1.5.1 O desfile de um team feminino no estádio das Laranjeiras, 57
1.5.2 A senhoras do five-ó-clock e o futebol travesti, 59
1.5.3 O Rio de Janeiro e outras notícias sobre times femininos de futebol, 63
1.5.4 O futebol feminino no Brasil é também potiguar, 66
1.5.5 O futebol feminino se veste de Club de Regatas Vasco da Gama e São Christóvão Athletic Club na década de 1920, 69

Capítulo 2 – O futebol feminino nos circos brasileiros, 74
2.1 – Tem futebol feminino nos Circos!, 74
2.2 O Circos brasileiros e os esportes no século XX, 75
2.2.1: Esportes no Circo Irmãos Queirolo, 77
2.3 Os circos-teatro e as sessões destinadas aos futebóis, 83
2.3.1 Fogo de Palha, Fogo na Cangica e o Chodó: o futebol – também feminino – no teatro de revista, 84
2.3.2 Cães footballers e Ciclo Football nos picadeiros, 88
2.4 O futebol feminino e os circos brasileiros, 91
2.4.1 Circo Alcebíades e Piolin, o palhaço produtor do futebol feminino nos circos brasileiros, 93
2.4.2 O Festival Artístico Sportivo em São Januário, 97
2.4.3 Futebol Feminino no Circo Queirolo, 102
2.4.4 Circo Nerino: o futebol feminino no Nordeste, 106
2.4.5 Década de 1930: outros circos, terrenos e mais futebol feminino, 108

Capítulo 3 – O futebol feminino suburbano e carioca (1929 a 1941), 114
3.1 O futebol suburbano, 114
3. 2 “O Foot-ball de Moças está dando o que falar” (1930-1931), 118
3. 3 Evas no Gramado (1939-1940), 131
3. 4 Pacaembu: O público bandeirante espera as jogadoras cariocas, 152
3. 5 “Deve ser Prohibido”, 165

Considerações Finais, 185

Referências Bibliográficas – Introdução, 196

REFERÊNCIAS DO CAPÍTULO 1: As mulheres e as ‘festas sportivas’, 199

REFERÊNCIAS DO CAPÍTULO 2: O futebol feminino nos circos brasileiros, 203

REFERÊNCIAS DO CAPITULO 3: O futebol feminino suburbano e carioca (1929 a 1941), 206

Referências Bibliográficas – Considerações Finais, 208

Referências das Fontes de Pesquisa, 210

Referência

BONFIM, Aira. Football Feminino entre festas esportivas, circos e campos suburbanos: uma história social do futebol praticado por mulheres da introdução à proibição (1915-1941). 2019. 213 f. Dissertação (Mestrado em História) - Escola de Ciências Sociais, Fundação Getulio Vargas, Rio de Janeiro, 2019.