Fotojornalismo esportivo e cobertura da derrota

Autores

Neide Maria Carlos

Subtítulo

uma análise das representações do Brasil 1 x 7 Alemanha em jornais brasileiros

Orientador

José Carlos Marques

Banca

Eliza Bachega Casadei, Luiz Henrique de Toledo

Faculdade / Instituição

Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, Universidade Estadual Paulista ―Júlio de Mesquita Filho

Tipo

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Comunicação

Ano

2015

Páginas

166

Cidade

Bauru

Resumo (pt)

O futebol está inserido na cultura brasileira como um espaço simbólico de representação social. Relevante fenômeno de audiência, ele ocupa espaços ainda mais significativos durante a realização de uma Copa do Mundo. Dessa forma, a derrota em um Mundial pode revelar conflitos próprios da nossa sociedade. Nesse contexto, o fotojornalismo esportivo se constitui em relevante recurso de informação dos fatos que envolvem esse esporte. O presente trabalho propõe uma análise do discurso construído através do jornalismo impresso e da fotografia como principal recurso discursivo. Buscamos identificar quais os enunciados estáveis do discurso jornalístico no dia seguinte à partida Brasil 1 x 7 Alemanha, válida pelas semifinais do torneio e realizada no dia 8 de julho de 2014, no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG). Com esse resultado, a Seleção Brasileira não pôde participar da decisão do Mundial, restando-lhe apenas a disputa do terceiro e quarto lugares. Foram analisadas 68 capas de jornais, em edições do dia 9 de julho de 2014, que retrataram a derrota da seleção brasileira para a Alemanha na Copa do Mundo Fifa 2014. Das recorrências discursivas encontradas, destaca-se aqui o choro como fator recorrente em 20 dessas páginas. Fator relevante de mobilização, o choro representaria uma ideia latente em nossa sociedade de um ethos brasileiro emotivo que se contrapõe à razão. Desse modo, o objetivo desta dissertação é procurar compreender quais os sentidos das lágrimas que foram vistas, retratadas e sublinhadas nas narrativas que se seguiram à derrota.

Abstract

Football is integrated in Brazilian culture like a symbolic space of social representation. As a relevant audience phenomenon, it occupies even more significant spaces during the promotion of the Fifa World Cup. Thereafter, a defeat in a world competition may reveal conflicts of our very own society. In this sense, sports photojournalism constitutes a relevant resource of information of the facts involving the sport. This dissertation‘s purpose is an analysis of the speech built by the press and photography as the main discursive resource. It attempts to identify which are the key statements of the journalistic speech the day after the game Brazil 1 X 7 Germany, on the semifinals of the championship, on July 8th 2014, at the Mineirão Stadium, in Belo Horizonte (MG). As a consequence of that result, the Brazilian Team couldn‘t play on the finals of the football world championship and was left to dispute the 3rd or 4th place. This dissertation has analyzed 68 front-pages of newspapers published on July 9th 2014, which portrayed the defeat of the Brazilian Team to the German Team at the Fifa World Cup. Amongst the speech recurrences found, images of people crying stand out in 20 of those front-pages. As a relevant coefficient of mobilization, the weeping could represent a latent idea in our society of an emotional Brazilian ethos that opposes reason. Therefore, the main object of this dissertation is to try and understand the meanings of the tears that were watched, photographed and highlighted on the stories told after that defeat.

Sumário

Resumo, 06

Introdução, 14

Capítulo 1: Fotojornalismo: conceitos e contextualização 1.1. História do fotojornalismo no Brasil e o fotojornalismo esportivo, 19

1.2. Fotojornalismo esportivo e o campo da pesquisa imagética, 26

Capítulo 2: Futebol, choro e identidade 2.1. A Retórica das Lágrimas, 30

2.2. Futebol e identidade, 35

2.3. Futebol e possíveis representações, 41

Capítulo 3: Referenciais Teóricos 3.1. As recorrências discursivas e as vozes do passado, 49

3.2. Uma perspectiva de análise do documento fotográfico: os desafios da imagem e seu uso pela imprensa esportiva, 54

3.3. A perspectiva da Análise do Discurso para a leitura e discussão do corpus, 59

Capítulo 4: Apresentação do objeto e análise do corpus 4.1. Apresentação do corpus e proposta de análise, 64

4.2. O contexto: a Copa do Mundo de 2014 no Brasil e um panorama da cobertura fotojornalística, 78

4.3. Análise do corpus, 91

4.4. Discussão dos resultados, 147

Capítulo 5: Para fins de conclusão, 155

Referências Bibliográficas, 162

Referência

CARLOS, Neide Maria. Fotojornalismo esportivo e cobertura da derrota: uma análise das representações do Brasil 1 x 7 Alemanha em jornais brasileiros. 2015. 166 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação, Universidade Estadual Paulista ―Júlio de Mesquita Filho, Bauru, 2015.