Futebol arte, discursos à parte

Autores

Fernando França Mendanha

Subtítulo

Exame discursivo de três diferentes jornais e seus respectivos contratos e estratégias na cobertura da Copa 2010 em um país de Terceiro Mundo

Orientador

William Augusto Menezes

Banca

Dylia Lysardo-Dias, José Luiz Vila Real Gonçalves

Faculdade / Instituição

Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto

Tipo

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em Estudos da Linguagem

Ano

2012

Páginas

135

Cidade

Mariana

Resumo (pt)

Em 2010, pela primeira vez, a Copa do Mundo FIFA de Futebol chegou ao continente mais pobre do planeta, na África do Sul, ganhando holofotes e despertando o imaginário de todo o mundo sobre o futebol e a cultura daquele país. Ao provocar sentimentos, avaliações, valores e discursos socioculturais tão distintos em relação às edições passadas do evento, o presente trabalho lança mão dos estudos da vertente Semiolinguística da Análise do Discurso, de Patrick Charaudeau, para uma abordagem específica. O objetivo desta pesquisa é apresentar e analisar recortes discursivos com viés político-sociocultural construídos por três jornais – Folha de S. Paulo, A Bola e Jornal dos Desportos – de três diferentes países – Brasil, Portugal e Angola, respectivamente, – nos meses de antecedência e realização da Copa, a fim de responder a questões: quais as estratégias utilizadas e os discursos construídos sobre a África do Sul? Aos olhos dos jornais, a África do Sul tornou-se o foco desse evento ou manteve-se uma perspectiva eurocêntrica, referindo-se a sede da competição como periferia do mundo desenvolvido? Para tanto, serão abordadas questões como construção do contrato comunicacional, estratégias discursivas e modos de organização do discurso, a fim de desvendar as finalidades discursivas dos textos que compõem o corpus de pesquisa.

Palavras-chave: África do Sul, futebol, Copa do Mundo FIFA, Semiolinguística, Contrato Comunicacional, estratégias discursivas e imaginários sócio-discursivos.

Abstract

For the first time, in 2010, FIFA World Cup arrived in the planet‟s poorest continent, the South Africa, and this place became the focus of the world, arousing the imagination of every side of the world about the football and the culture of this country. By the creation of so many different feelings, evaluations, values and socio-cultural discourses in relation to the past editions of the event, this paper makes use of the Semiolinguística studies, part of the Discourse Analysis‟ scope, applying the views of Patrick Charaudeau, for a specific approach. The purpose of this research is to present and analyze discursive clippings with a socialcultural-political aspect presented by three newspapers – Folha de S. Paulo, A Bola and Jornal dos Desportos – from three different countries – Brazil, Portugal and Angola, respectively – in the previous months of FIFA World Cup‟s happening, in order to answer to the following questions: what are the strategies applied and the discourses built about South Africa? From the standpoint of the newspapers, did South Africa become the focus of this event or what was remained was a Eurocentric perspective, referring to the headquarters of the competition as a periphery of the developed world? To achieve this answers, in this research it will be approached subjects like the communication contract, discursive strategies and modes of discourse organization, in order to uncover the discursive purposes of the texts that comprise the corpus of this research.

Keywords: South Africa, football, FIFA World Cup, Semiolinguística, Communication
Contract, discursive strategies and socio-discursive imaginaries.

Resumo (outro idioma)

1 – Introdução, 10

2 – Contextualização histórica, 14
2.1 – O mundo da bola, 14
2.2 – A África no mundo, 19
2.3 – O mundo na África do Sul, 27

3 – Referencial Teórico, 33
3.1 – Comunicação na Pós-Modernidade, 33
3.2 – O olhar contemporâneo da Análise do Discurso, 35
3.3 – Semiolinguística: uma análise discursiva, 37
3.4 – O lugar da argumentação na Semiolinguística, 41
3.5 – Estratégias discursivas, 42
3.6 – A organização do discurso, 44
3.7 – Sobre representações, estereótipos e imaginários, 47
3.8 – A questão da identidade, 50

4 – Metodologia e Análise do corpus, 54
4.1 – Tipo de pesquisa, 54
4.2 – Fontes para constituição do material de pesquisa, 56
4.3 – Procedimentos para constituição do corpus e análise de dados, 58
4.4 – Análises e discussão dos resultados, 60
4.4.1 – Expectativas e impressões antes da Copa, 61
4.4.2 – Aspectos econômicos antes da Copa, 74
4.4.3 – Expectativas e impressões durante a Copa, 86
4.4.4 – Aspectos econômicos durante a Copa, 97

5 – Considerações finais, 105

Referências bibliográficas, 111
Anexos, 118

Referência

MENDANHA, Fernando França. Futebol arte, discursos à parte: Exame discursivo de três diferentes jornais e seus respectivos contratos e estratégias na cobertura da Copa 2010 em um país de Terceiro Mundo. 2012. 135 f. Dissertação (Mestrado em Estudos da Linguagem) - Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto, Mariana, 2012.