Futebol, ditadura e trabalho

Autores

Sinei Soares Monteiro

Subtítulo

uma análise das relações políticas e sociais no campo desportivo paraense (1964 – 1978)

Orientador

William Gaia Farias

Banca

Antônio Maurício Costa, Bernardo Borges Buarque de Hollanda

Faculdade / Instituição

Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal do Pará

Tipo

Dissertação

Área de concentração

Mestrado em História

Ano

2009

Páginas

163

Cidade

Belém

Resumo (pt)

O presente trabalho dissertativo discute o significado do futebol na sociedade brasileira, em especial a paraense no século XX, mais precisamente no contexto da Ditadura militar no Brasil (1964-1978). Contando com uma diversidade de documentação dos arquivos da Biblioteca Arthur Viana, das atas de entidades desportivas, revistas esportivas, contratos de trabalho, processos e depoimentos, além de uma vasta bibliografia referente ao objeto de investigação. Este ensaio objetiva a compreensão das relações sociais e políticas construídas ao longo do século XX dentro do campo desportivo paraense, com ênfase para as negociações e conflitos estabelecidos no processo de construção do estádio de futebol estadual ―o Mangueirão‖, bem como a criação e reafirmação da Federação Paraense de Futebol; inserida ainda nessa análise as relações de trabalho estabelecidas entre os sujeitos envolvidos diariamente com o futebol paraense.

Palavras – chave: futebol, ditadura, trabalho.

Abstract

This dissertation will discuss the relevance of soccer in Brazilian society, especially in the state of Pará in the 20th century, more precisely in the context of a military dictatorship that reigned in Brazil back then (1964-1978). It is based on substantial documentation from Arthur Viana Library‘s archive, sports organizations‘ records, sports magazines, work contracts, lawsuits and statements, and also a huge bibliography covering that topic. This paper will help understand how social and political relationships were built in connection with local sports activities during the 20th century, highlighting negotiations and conflicts that took place in the construction process of the Mangueirão state soccer stadium, including the foundation and fortification of the Soccer Federation of Pará, and performs an analysis of work relationships established among the people daily involved with soccer in Pará.

Keywords: soccer, dictatorship, work

Sumário

INTRODUÇÃO, 14

1 – FUTEBOL E DITADURA MILITAR NO BRASIL, 20
1.1 – UM PANORAMA DA AÇÃO MILITAR NO CAMPO DESPORTIVO, 20
1.2 – FUTEBOL E DITADURA NA IMPRENSA PARAENSE, 35

2 – FUTEBOL, LAZER E POLÍTICA EM BELÉM DO PARÁ, 50
2.1 – O PODER QUE VEM DAS ARQUIBANCADAS: O SIGNIFICADO DO FUTEBOL NA CAPITAL PARAENSE, 50
2.2 – ―TREMENDO REBOLIÇO: UM ESTÁDIO NA SELVA, 65
2.3 – ―BOMBA NO FUTEBOL PARAENSE: A CRIAÇÃO DA ESPECIALIZADA E SEUS REFLEXOS, 95

3 – FUTEBOL, LEGISLAÇÃO E TRABALHO NOS GRAMADOS PARAENSES, 110
3.1 – O PASSE NO BANCO DOS RÉUS, 110
3.2- FUTEBOL ―PAPA-CHIBÉ: AMADORISMO VERSUS PROFISSIONALISMO, 129
3.3 – ENTRE PASSES E IMPASSES: RELAÇÕES DE TRABALHO NOS GRAMADOS PARAENSES, 140
3.3.1 – Experiências individuais, 143
3.3.2 – Relações contratuais, 145

CONSIDERAÇÕES FINAIS, 155

FONTES, 158

BIBLIOGRAFIA, 159

Referência

MONTEIRO, Sinei Soares. Futebol, ditadura e trabalho: uma análise das relações políticas e sociais no campo desportivo paraense (1964 – 1978). 2009. 163 f. Dissertação (Mestrado em História) - Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal do Pará, Belém, 2009.