Futebol feminino: espaço de empoderamento para mulheres das periferias de São Paulo

Autores

Mariane da Silva Pisani

Periódico / Revista

Ponto Urbe

Número

n.14

Área de concentração

Antropologia

ISSN

1981-3341

Resumo (pt)

Existem muitas produções bibliográficas e audiovisuais que mostram a inserção e a consolidação do futebol no Brasil. A grande maioria delas reconstitui a história social desse esporte sob a perspectiva dos homens. No Brasil, historicamente, mulheres e futebol foram compreendidos como dicotomias, colocados em lados opostos e não complementares. O presente artigo, contudo, traz outra perspectiva para as produções da área, ele discute como o futebol praticado por mulheres nas periferias de São Paulo pode ser resignificado a partir da chave do empoderamento. Mulheres das periferias paulistanas driblam, portanto, situações de risco e vulnerabilidade – tráfico de drogas, violência familiar, gravidez precoce – através das suas práticas na modalidade. 

Abstract

There are many bibliographic and audiovisual productions that reveals the integration and consolidation of soccer in Brazil. The majority of them reconstructs the social history of the sport from the perspective of men. In Brazil, historically, women and soccer were perceived as dichotomies, placed on opposite and not complementary sides. This article, however, brings another perspective into discussion, enunciating how the soccer played by women in the periphery of Sao Paulo can be understood from the different key of empowerment. Women in São Paulo”s peripheries deals with situations of risk and vulnerability – illicit trafficking in drugs, family violence, early pregnancy – through their practices in soccer. 

Observações

Link para o site da revista: pontourbe.revues.org/     

Referência

PISANI, Mariane da Silva. Futebol feminino: espaço de empoderamento para mulheres das periferias de São Paulo. Ponto Urbe. São Paulo, n.14, 2014.